O defesa do Barcelona Gerard Piqué abandonou a meio a reunião que tinha agendada esta quinta-feira, 15 de setembro, com os seus advogados, a ainda mulher Shakira e os advogados desta, em que deveria ter sido alcançado um acordo de divórcio, partilha de bens e definição da custódia dos dois filhos do casal. Só que o encontro terminou da pior forma possível, e sem acordo. Agora, pode ir tudo para tribunal.

Shakira, Piqué e os advogados de ambas as partes reuniram-se num escritório no centro de Barcelona, já ao final da tarde, e perante o olhar de centenas de fãs do futebolista e da cantora, que se juntaram à porta do local na esperança de os conseguirem fotografar. O encontro estava marcado para as 18 horas, mas Piqué entrou no escritório 10 minutos mais cedo, onde já estavam os seus advogados, o casal Paola e Ramon Tamborero. Shakira chegou depois, também ao lado dos seus representantes. Só que o inesperado aconteceu. Eram 19h50, quando Gerard Piqué foi visto a sair do escritório, visivelmente incomodado. Não quis parar para fotos, não quis comentar nada e saiu em passo acelerado em direção ao seu carro. E ninguém veio atrás. No escritório permaneceram os seus advogados, os de Shakira e antiga companheira, que não conseguiram chegar a um acordo sobre o divórcio, partilha de bens e custódia dos dois filhos do casal, Milan e Sasha.

Piqué ultrapassa fim de relação com Shakira. Nova namorada tem 23 anos
Piqué ultrapassa fim de relação com Shakira. Nova namorada tem 23 anos
Ver artigo

De acordo com o jornal "La Vanguardia", as negociações duram há vários meses e deveriam ter chegado ao fim nesta reunião. O que não aconteceu. As duas partes não se entendem, sobretudo, em relação ao património, as casas que compraram enquanto casal, revela o mesmo jornal. Também a questão dos filhos não está a ser pacífica. Embora Shakira viva em Barcelona, passa muito tempo no seu país, a Colômbia, e em tours e digressões pelo mundo, o que faz com que não seja fácil encontrar um acordo com o pai dos filhos sobre onde ficam as crianças e com quem.

Shakira e os seus advogados abandonaram a reunião já passava das 21 horas, mas também se recusaram a prestar declarações.

Sem acordo, deverá ser um juiz, em sede de tribunal, a definir a questão da divisão do património bem como da custódia dos filhos.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.