Cristiano Ronaldo voltou aos jogos este sábado, 23 de abril, na partida da Premier League entre o Arsenal e o Manchester United, e foi protagonista de uma homenagem emotiva ao filho bebé, gémeo do sexo masculino, cuja morte foi anunciada esta segunda-feira, 18.

Morreu um dos bebés gémeos de Cristiano Ronaldo e Georgina Rodríguez
Morreu um dos bebés gémeos de Cristiano Ronaldo e Georgina Rodríguez
Ver artigo

Ao minuto 34 do jogo, o futebolista português reduziu para o Manchester United (2-1, à altura do golo) e, após marcar golo, apontou para o céu visivelmente emocionado, numa clara homenagem ao bebé que não sobreviveu.

Antes disso, o Emirates, estádio do Arsenal, uniu-se numa onda de apoio a Ronaldo: tal como já havia acontecido em casa do Liverpool na terça-feira, 19, ao minuto 7 (número do jogador) os adeptos levantaram-se e começaram a bater palmas numa homenagem ao capitão da Seleção Nacional.

Veja o momento.

Apesar da tragédia da morte do filho, a gémea do sexo feminino, bem como Georgina Rodríguez, companheira de Ronaldo, já estão em casa e junto da família, tal como foi revelado pelo jogador numa publicação de Instagram esta quinta-feira, 21.

O casal tem uma família de cinco filhos: Cristiano Júnior, de 11 anos, os gémeos Eva e Mateo, de 4, Alana, também de 4, e a bebé recém-nascida, cujo nome ainda não foi revelado.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.