Esta quarta-feira, 1 de novembro, o surfista português de 28 anos recorreu às redes sociais para anunciar que sofreu um acidente enquanto praticava a modalidade – e, de acordo com o próprio, foi de tal forma grave que podia não ter sobrevivido.

O acidente aconteceu esta segunda-feira, 30 de outubro, em Marrocos e foi o "momento mais assustador" da sua vida, segundo relata no Instagram. "Depois de cair num tubo, bati com a cara na rocha, fiquei sem sentidos e pela primeira vez achei que ia morrer afogado", conta o surfista na legenda da publicação, acompanhada de um vídeo do acidente.

"Estou aqui [vivo] graças aos meus irmãos Ramzi Boukhiam, Achraf Bakhcha e Ismael, que me tiraram da água pelos ombros e levaram para o hospital", continua o atleta, que diz ainda que foi operado imediatamente, aquando da sua chegada aos serviços de saúde. Além disso, Vasco Ribeiro revela que levou 50 pontos na cara.

"Agora estou internado até recuperar o melhor possível", explicou o desportista, concluindo a publicação com um agradecimento sentido. "Muito obrigado a toda a minha família marroquina que se não fossem eles não estaria aqui a escrever este post", lê-se na sua página de Instagram.

Quem é Vasco Ribeiro, o surfista proibido de competir por faltar a testes antidoping?
Quem é Vasco Ribeiro, o surfista proibido de competir por faltar a testes antidoping?
Ver artigo

Vasco Ribeiro conta com várias distinções da modalidade no seu repertório. Aos 16 anos, em 2011, sagrou-se campeão nacional de surf, mas as vitórias não se ficam por aqui – isto porque em 2012, 2014, 2017 e 2021, o surfista voltou a cumprir a proeza, tornando-se no atleta com mais títulos nacionais alcançados. Além disso, em 2014, venceu o campeonato mundial de surf na categoria de juniores e, em 2021, tornou-se campeão europeu.

Depois de uma pausa entre agosto e outubro de 2022, o artista voltou às competições, tendo sido afastado das mesmas em 2023, após ter falhado os controlos antidoping. "Faltei aos controlos porque tinha um problema de consumo de droga", escreveu o atleta na sua página de Instagram, em julho, informando que ia estar longe das competições durante uns tempos.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.