"Olá. Sou a Maria Luísa e gostava de ter bolacha Maria dourada até morrer". Foi com este apelo que a mãe de Bruno Nogueira, incentivada pelo filho, pediu um patrocínio durante o direto "Como é Que o Bicho Mexe" desta terça-feira, 9 de fevereiro, para o seu maior vício: bolacha Maria. Embora o apelo inicial tenha sido para a marca Cuétara (ou Cuetára, como dizia Bruno), ambos decidiram generalizar o pedido para qualquer marca que queira "chegar-se à frente". No fundo, o que importa é que seja dourada.

bruno nogueira

As bolachas foram um dos itens da lista de compras feita em pleno direto — para além do papel higiénico e da lixívia de marca branca —, e Maria Luísa pediu logo dois pacotes, que para si "não são nada", disse a mãe do anfitrião de "Como é Que o Bicho Mexe". Foi assim que surgiu a ideia do apelo, de modo a que nunca mais faltem bolachas em casa de Maria Luísa.

Onda de solidariedade do "Como é que o Bicho Mexe" angaria 39 mil euros para ajudar família
Onda de solidariedade do "Como é que o Bicho Mexe" angaria 39 mil euros para ajudar família
Ver artigo

Apesar de pedir bolachas Maria patrocinadas "até morrer" sem impor marcas, Maria Luísa tem uma preferência: a bolacha Maria dourada da marca Sonday, à venda no Lidl. Cada embalagem traz quatro pacotes, o que para a mãe de Bruno Nogueira pode não dar para muito tempo. Contudo, é o suficiente para acompanhar os diretos do filho, agora menos recorrentes, durante algumas noites.

sondey

Porque não mudar de tendência dos diretos de um confinamento para o outro e trocar neste segundo o vinho pelas bolachas Maria douradas do Lidl? Esta pode ser a nova companhia das sessões "Como é Que o Bicho Mexe" e um pack, com quatro pacotes de bolachas, só custa 1,09€.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.