Ter uma alimentação rica nutricionalmente é, também, respeitar os legumes e frutas da época. Dizemos também porque o ideal é ter um prato equilibrado e não colocar os legumes da época ao lado de alimentos processados. Ainda assim, isso não quer dizer que de vez em quando não possamos incluir um bolo ou uma receita que implique fritar alimentos. Há lugar para tudo, desde que haja fome.

Mas porque é que usar legumes e frutas da época é tão importante? Não só porque está a respeitar o ciclo natural da produção dos alimentos — o que significa que serão evitados pesticidas e fertilizantes, logo, os alimentos serão mais nutritivos —, mas também porque serão mais frescos, os preços mais justos e é "a melhor forma de aproveitar todo o sabor desses alimentos", de acordo com a Deco Proteste.

É também no site da organização de defesa do consumidor portuguesa que pode encontrar um calendário interativo com as frutas e legumes específicos de cada mês do ano. Não é por acaso que é no inverno que se fazem os melhores sumos de laranja natural e que só em alguns meses do ano consumimos as melhores uvas (as que não estão espremidas dentro de um bom copo de vinho).

Um restaurante para comer em casa. O Legumes e Outros Vícios, em Coimbra
Um restaurante para comer em casa. O Legumes e Outros Vícios, em Coimbra
Ver artigo

Como sabemos que pode ter a tentação de comprar em março os morangos que já saltam à vista no supermercado, mostramos um truque para lhes resistir. "Se a pessoa ganhar o hábito de não colocar na lista de compras exatamente aquilo que quer em termos de legumes ou de fruta e for apenas comprando aquilo que está disponível no mercado na altura, acaba por ser muito mais fácil fazer esta gestão e, naturalmente, mudarmos a nossa alimentação sem fazer um esforço extra para isso", sugeriu a nutricionista Mafalda Rodrigues de Almeida numa entrevista à MAGG.

Para pôr os ensinamentos em prática, mostramos que receitas pode fazer este mês com duas frutas da época — maçã e laranja — e mais dois legumes aos quais poucas vezes damos importância: a cebola e a couve-flor.

Croquetes de couve-flor

Croquetes de couve-flor
créditos: petiscosemiminhos

Ingredientes

  • 200gr de couve-flor ralada
  • 4 colheres de sopa de queijo parmesão ralado
  • 1 ovo (tamanho L)
  • 1 colher de sopa de pão ralado
  • 1 colher de sopa orégãos
  • Sal e pimenta

Preparação

Misturar bem todos os ingredientes numa taça. Moldar, uma colher de sopa por unidade, em bolinhas. Deixar repousar no frigorifico no mínimo 30 minutos. Colocar as bolinhas num tabuleiro de forno forrado com papel vegetal, levar ao forno pré-aquecido a 200ºC cerca de 20 minutos. Podem ser guardadas no frigorifico cerca de 2 dias.

Esta receita é do blogue "Petiscos e Miminhos".

Massa com aros de cebola

Massa com aros de cebola
créditos: alhofrances/Instagram

Ingredientes para os aros de cebola

  • 2 colheres de sopa de farinha trigo
  • 1 colheres de sopa de amido de milho
  • 175 ml água com gás fresca
  • q.b. Sal
  • q.b. Piri-piri (opcional)
  • q.b. Pimentão-doce pó

Modo de preparação dos aros de cebola

Misture tudo com varas até estar homogéneo. Passe as rodelas de cebola pela polme e frite em óleo abundante até ficar bem dourado.

Ingredientes molho de cebola 

  • 2 colheres de sopa de sopa cebola pó
  • 400 ml de natas vegetais
  • 1 dente de alho
  • q.b. piri-piri (opcional)
  • q.b. óleo trufa (opcional)

Modo de preparação do molho de cebola 

Coloque lâminas de alho ou o alho esmagado numa panela com um fio de azeite. Fogo/temperatura baixa para o alho não queimar. Junte as natas vegetais e deixe cozer. Tempere e reserve.

Ingredientes cebolada

  • 1 cebola
  • 1 dente de alho
  • 2 folhas louro
  • 2 colheres de sopa de vinagre
  • 1  colheres de sopa de pimentão-doce

Modo de preparação da cebolada

Corte a cebola em meias luas. Numa frigideira bem quente, com um fio de azeite, salteie as cebolas até ficarem translúcidas. Junte alho, louro e pimentão-doce. Refresque com vinagre.

Modo de preparação final

Junte a massa com a cebolada, regue com o molho, colocando a cebola frita e a cebola crocante.

Esta receita é do chef Nuno Mota.

Pão de maçã

Bolo de maçã
créditos: lumebrando

Ingredientes

  • 4 maçãs grandes
  • 1 chávena rasa de açúcar amarelo
  • 2 ovos grandes
  • 1/2 chávena de azeite
  • 3 chávenas rasas de farinha sem fermento
  • 1 chávena de frutos secos (nozes fica muito bem)
  • 1 chávena de uvas passas ou sultanas
  • 1 colher de sopa de fermento em pó
  • 1 colher de chá de bicarbonato de sódio
  • 1 colher de chá de canela em pó
  • 1/2 colher de chá de noz moscada
  • 1 pitada de sal

Modo de preparação

Ligue o forno nos 180ºC. Unte duas formas de bolo inglês médias ou quatro pequenas. Descasque as maçãs e rale-as grosseiramente num ralador. Junte o açúcar, envolva e reserve uns 10 ou 15 minutos até o açúcar dissolver e ter ganho líquido. Junte os ovos, o azeite, os frutos secos e as sultanas ou as uvas passas (se usar passas, pique-as grosseiramente). Adicione a farinha, o fermento, o bicarbonato, a canela, o sal e a noz moscada, envolvendo sem bater. Verta para as formas e leve a cozer cerca de 45 minutos (irá demorar menos se as formas forem pequenas ou mais alguns minutos se forem maiores). Faça o teste do palito para conferir.

Esta receita é do blogue "Lume Brando".

"Pão-de-ló" de laranja

Pão-de-ló de laranja
créditos: acozinhadamicas/Instagram

Ingredientes

  • 6 ovos
  • Raspas 1 laranja
  • Sumo de 2 laranjas
  • 6 colheres de sopa de açúcar de coco
  • 6 colheres de sopa de farinha de arroz
  • 6 colheres de sopa de farinha de aveia
  • 1 colher de chá de fermento

Modo de preparação

Bata os ovos até ficarem em espuma (durante uns 8-10 minutos). Adicione aos ovos a raspa das laranjas e o açúcar de coco e envolva em movimentos largos até incorporar completamente. Acrescente as farinhas e o fermento e volte a incorporar na massa. Finalmente adicione o sumo de laranja. Leve ao forno numa forma redonda forrada com papel vegetal, durante cerca de 30 minutos a 180ºC.

Esta receita é da página "A Cozinha da Micas".

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.