É apresentado como o espaço mais instagramável do Algarve e não é para menos. No My Candy Beach, localizado mesmo ao pé da marina de Vilamoura, encontrámos todo um mundo cor-de-rosa que nos dá vontade de tirar uma fotografia a cada passo que damos. Para quem em 2018 teve a oportunidade de visitar o The Sweet Art Museum, esta praia não será já uma total surpresa, mas há toda uma variedade de novidades que não deixa ninguém indiferente.

My Candy Beach. O novo spot instagramável do verão com praia rosa e sushi à mesa
My Candy Beach. O novo spot instagramável do verão com praia rosa e sushi à mesa
Ver artigo

As gomas gigantes em forma de urso, o famoso carrossel de chupa-chupas e uma amostra da piscina de marshmallows são algumas das peças que pode continuar a encontrar neste espaço que promete proporcionar momentos únicos a todos os que o visitam.

Carla Santos, responsável pelo conceito criativo e toda a parte de produção e implementação do projeto, conta à MAGG que fazer uma  nova versão do The Sweet Art Museum era uma ideia que já tinha vindo a ser pensada. Pelo caminho meteu-se uma pandemia e só este ano decidiu, em conjunto com Hugo Silva, outro dos responsáveis, voltar a arriscar.

"Como o museu só esteve aberto em Lisboa em 2018, e foram só três meses, nós temos recebido muitos pedidos para voltar novamente a abrir com uma nova edição. O que pensámos agora foi juntar o útil ao agradável e vir para o sítio que todas as pessoas procuram no verão, o Algarve", afirma Carla em entrevista à MAGG. "Achámos que ter aqui uma submarca do The Sweet Art Museum e trazer algumas peças que foram tão emblemáticas na primeira edição em Lisboa para decorar um bar e fazer uma praia rosa era uma boa ideia."

My Candy Beach
créditos: MAGG

A verdade é que não se enganaram porque o espaço tem sido um verdadeiro sucesso. "Acho que 70% das pessoas vêm pelo que viram no museu, tendo ou não possibilidade de ter ido, e há até pessoas que vêm mesmo à procura do museu, mas aquilo que tentamos explicar é que isto não é mesmo o museu: é um bar e esplanada decorado com os elementos do museu". Mas também não é um bar e esplanada qualquer, já que aqui há espaço para receber pessoas de todas as idades.

Quanto à localização, Carla diz que a escolha não podia ter sido feita mais ao acaso e, ao mesmo tempo, com tanto sentido. "Vim cá passar um fim de semana em junho com os meus filhos e estacionei o carro aqui ao lado. Isto não tinha nada, só as palmeiras e eu disse logo 'isto é mesmo giro'. Depois falei com o Hugo e disse-lhe que o espaço era excelente para fazermos um novo The Sweet Art Museum versão verão. Isto foi num domingo, na segunda-feira estávamos a falar com os proprietários do espaço e na terça estávamos a fechar o negócio."

O My Candy Beach abriu a 22 de julho e não houve um dia em que as entradas não esgotassem. O espaço, com cerca de 500 metros quadrados, pode receber até 70 pessoas e divide-se essencialmente em duas áreas: uma zona onde as pessoas podem passear e aproveitar todos os cantos para tirar fotografias e outra mais direcionada para a parte de restauração.

My Candy Beach
Cocktail My Candy Beach créditos: MAGG
Do sushi à comida portuguesa. 8 novos restaurantes no Algarve para conhecer este verão
Do sushi à comida portuguesa. 8 novos restaurantes no Algarve para conhecer este verão
Ver artigo

Pela primeira vez o The Sweet Art Museum juntou-se ao Doma, um conceito de delivery de cozinha japonesa algarvio, com o objetivo proporcionar uma experiência completa a quem visita o My Candy Beach. "É o match perfeito. Cada qual faz aquilo que sabe melhor", diz Carla.

"A Carla desafiou-nos a criar um sushi diferente e aqui está ele. Acho que as pessoas procuram o espaço, mas quando veem o menu ficam também contentes e estamos a ser surpreendidos com uma afluência fora do normal entre os horários do almoço e jantar", conta Sérgio, responsável pelo Doma.

No My Candy Beach há um bar, aberto o dia todo e com uma variada oferta de bebidas, e uma cozinha pronta para servir almoços e jantaras nunca antes vistos. Dos tacos às peças de sushi, tudo tem direito a uma tonalidade cor-de-rosa, mas o cocktail da casa continua a ser a tentação. Taco de salmão abacate e nozes (9€) poke de camarão (14,80€) ou combinado de sushi (a partir de 19,80€) são algumas das opções do menu.

My Candy Beach by The Sweet Art Museum & Doma

Localização: My Candy Beach by The Sweet Art Museum & Doma
Horário: das 12h às 23h00
Reservas: reservas@mycandybeach.com

Para que todos se sintam confortáveis no espaço, as entradas são controlas e as reservas devem ser feitas através do email reservas@mycandybeach.com.  As crianças até aos 4 anos não pagam entrada, dos 5 aos 12 anos o valor é de 5€ e a partir dos 12 anos a entrada custa 10€ (com direito ao cocktail My Candy Beach).

O espaço estará aberto até 15 de setembro, mas Carla e Hugo adiantam já que é provável que mais novidades surjam no próximo ano.  "Uma das particularidades do The Sweet Art Museum, e de todos os projetos que implementamos, é que cada vez que abrem são diferentes. Quer seja neste local ou noutro será sempre diferente", diz Hugo.

O My Candy Beach está aberto todos os dias das 12h às 23h com DJ ao vivo a animar os finais de tarde.

Percorra a galeria e conheça mais deste mundo cor-de-rosa (e doce).

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.