As manteigas de amendoim não são uma novidade, mas as versões saudáveis aliadas a uma alimentação equilibrada e/ou aos praticantes de fitness tornaram-se uma tendência. Uma delas faz parte do projeto Going Nuts, que se traduz em "loucos por frutos secos" e é mesmo essa a oferta: frutos secos transformados em manteigas ou adicionados a granolas. Mas há uma versão mais recente: muffins, lançados em fevereiro.

Lançada em novembro de 2016, a Going Nuts nunca deixou de inovar, nem de fazer as delícias de uma das suas maiores fãs: Alice Trewinnard. No dia a dia da produtora de conteúdos cabem todo o tipo de snacks, desde os tremoços Tarwi que acabou de lançar, aos novos muffins da Going Nuts para um lanche tardio, por exemplo, como mostrou num dos seus vídeos.

No entanto, não há hora para comer os novos muffins. "Eu queria mais um snack, uma coisa rápida. É uma coisa que quase dá para pôr no bolso e levar. E os muffins aguentam bastante tempo, não ficam secos", diz Constança Bastos, fundadora da Going Nuts, à MAGG. "Portanto, é uma coisa que se pode consumir a qualquer altura e se a pessoa ainda quiser pode pôr um topping da nossa manteiga de amendoim, fica ainda melhor", brinca, acrescentando que é como a cereja, literalmente, no topo do bolo.

Happ.ines.s. Dos mais calóricos aos saudáveis e vegan, nesta marca há bolos para todos os gostos
Happ.ines.s. Dos mais calóricos aos saudáveis e vegan, nesta marca há bolos para todos os gostos
Ver artigo

Qualquer responsabilidade de ficar viciado em manteiga de amendoim ou nos novos muffins é de Constança, cujo vício por cereais e frutos secos fê-la deixar o sector da banca, no qual trabalhou durante quatro anos, para se dedicar mais seriamente a este vício aliado a um conceito saudável — que foi desde início a motivação para o projeto.

"Eu sempre liguei muito à alimentação. Acho uma coisa muito importante para o nosso bem-estar físico e psicológico, daí também ter criado uma marca e produtos que vão ao encontro daquilo que eu consumo. Para mim, o mais importante é rever-me na marca e ter os produtos disponíveis que eu própria consumiria", refere, embora admita que sempre adorou bolos e produtos "assim mais doces".

Foi nessa linha, aliada ao conceito saudável, que marca a Going Nuts, e a sua própria vida, que Constança decidiu criar os muffins que define como "fofinhos". "Parecem uma nuvem quando se consome", detalha. 

Existem duas versões e ambas agradam aos amantes de manteiga de amendoim, uma vez que este é o ingrediente base, ao qual não se juntam — reforçamos a palavra não — farinha, óleos ou açúcares. Apesar de não ter adição de açúcar, não deixa de ter um toque doce conseguido quer nos muffins de cacau (9,99€ por seis unidades), para os mais gulosos, quer nos muffins com mirtilos (9,99€ por seis unidades).

Pode fazer a encomenda diretamente no site, na secção bolos, até cada quarta-feira às 13h e a entrega é feita no dia seguinte, quinta-feira, nos concelhos de Lisboa, Oeiras e Cascais.

Constança promete que as novidades não vão ficar por aqui e até já está a pensar em lançar algo, quem sabe umas cookies. O objetivo é "continuar a lógica do sem farinha", revela Constança, que adianta mais um pormenor. "Isto posso garantir: o próximo produto lançado será à base de manteiga de amêndoa", outra das que faz sucesso entre a gama Going Nuts.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.