The Best Chef Awards é lista que elege anualmente os 100 melhores chefs do mundo e este ano João Oliveira, do restaurante VISTA, em Portimão, está entre os nomeados. Natural de Valongo, o chef português começou desde cedo a aventurar-se na cozinha. Aos 13 anos já ajudava a mãe a cozinhar e, com apenas 15 anos, inscreveu-se na Escola Profissional Infante D. Henrique, no Porto.

Com um percurso que passou por restaurantes como a Casa da Calçada, em Amarante, o The Yeatman, em Vila Nova de Gaia e o Vila Joya, na Guia, João Oliveira chega a Portimão em 2015 para iniciar o projeto VISTA, no Bela Vista Hotel & Spa. Montou do zero um conceito inovador, com uma equipa de cozinha e sala totalmente novas, incorporando os elementos do mar e da sustentabilidade. 

A melhor vista é nossa. Ou melhor, do Torel Avantgarde, em frente ao Douro (e há um prémio que o garante)
A melhor vista é nossa. Ou melhor, do Torel Avantgarde, em frente ao Douro (e há um prémio que o garante)
Ver artigo

A dedicação do chef resultou na sua primeira estrela Michelin, em 2017, quando tinha apenas 30 anos. Desde então, a sua equipa tem justificado o prémio com apenas dois menus de degustação: o Menu VISTA, focado em bivalves, crustáceos e peixes da costa algarvia; e o Menu Estação, vegetariano ou vegan, composto por produtos hortícolas orgânicos da região do Algarve. 

Restaurante VISTA
créditos: Luis Ferraz
Comemos uma sobremesa com som no Sensai, o novo restaurante do Anantara Vilamoura Algarve Resort
Comemos uma sobremesa com som no Sensai, o novo restaurante do Anantara Vilamoura Algarve Resort
Ver artigo

Inaugurado em 2011, o Restaurante VISTA faz parte do Bela Vista Hotel & Spa, instalado num antigo palacete, em tempos pertencente a António Júdice de Magalhães Barros, industrial de conservas. O Bela Vista Hotel & Spa, inaugurado em 1934, foi um dos primeiros hotéis a abrir no Algarve. Agora, quase 90 anos depois, continua a estender-se sobre a falésia da Praia da Rocha, em Portimão. 

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.