Toda a indústria foi rápida a adaptar-se às novas circunstâncias. De repente, o cliente está preso em casa e tudo tem de passar a chegar-lhe a casa. Falamos aqui de legumes frescos, comida preparada e, porque não, também de vinho. Estamos de quarentena, mas ainda estamos vivos.

São várias as marcas a criarem sistemas de entrega ao domicílio e falamos aqui de algumas das melhores do País, daquelas que muitas vezes só vemos em lojas de especialidade. Há vinhos do Alentejo, de Lisboa, do Dão ou do Douro. É só escolher tinto ou branco, dar alguns cliques e brindar. Ora veja.

Ninfa

Ninfa

Com uma encomenda mínima de seis garrafas, pode ter em casa alguns dos melhores vinhos da João M. Barbosa Vinhos, uma empresa familiar que respeita toda a natureza na hora de produzir os seus vinhos.

E enquanto sonhamos em participar nas vindimas — sempre feitas por familiares, amigos parceiros ou trabalhadores próximos da empresa — podemos aproveitar em casa alguns dos melhores exemplares das últimas colheitas.

Há espumantes naturais como o Ninfa Blanc de Noirs Cuvée 2015 (3 x 750ml 26,50€) ou o Ninfa Platinum Milesimé 2012 (3 x 750 ml 49€). Mas também há vinhos DOP do Tejo, como é o caso do Ninfa 2017 Vinhas Velhas Tinto (6x750ml 14€) ou do Grande Reserva Tinto 2012 (6x750ml 29,90€).

E depois há o Sauvignon Blanc, que já muitos prémios deu à marca. Cada garrafa de Ninfa Escolha SB 2017 custa 16,90€.

As encomendas devem ser feitas para o email tb@joaotmbarbosa.com.

Dionísio

Vinho

O grupo SeaMe, além de ter dado uma volta aos restaurantes para começar a entregar em casa, criou uma adega virtual na qual disponibiliza vinhos de produtores portugueses que o público se habituou a encontrar em restaurantes, mas que não costumam ocupar as prateleiras de venda a retalho.

Com preços a variar entre os 7€ e os 23€ aquando do arranque, o Dionísio disponibilizará sempre cerca de 20 referências que irão variando, sendo as vendas feitas à unidade. Nos Vinhos Verdes encontramos o Azevedo Loureiro Alvarinho (7€), do Douro chega, por exemplo, o Quinta Nova Grainha Reserva (17€), do Dão o Quinta dos Carvalhais Encruzado (23€); da Bairrada o FP, by Filipa Pato (11,5€), de Lisboa o Qta. Pinto Sauvignon Blanc (15€) e de Setúbal o Bacalhôa Verdelho (12,5€); nos vinhos da região do Alentejo podemos pedir o Esporão Reserva (16,5€) entre outros.

7 perguntas a uma enóloga para escolher o vinho perfeito para a Páscoa
7 perguntas a uma enóloga para escolher o vinho perfeito para a Páscoa
Ver artigo

Os pedidos são feitos na Ubereats e entregues numa média de 25 minutos depois de feitos na aplicação, no centro de Lisboa e na zona de Algés e Linda-a-Velha.

Maçanita

Maçanita

Neste caso, não só pode ter vinho de qualidade à mesa como ainda está a ajudar quem precisa. António Maçanita decidiu doar metade dos seus lucros à Cruz Vermelha, juntando-se desta forma à causa #euajudoquemajuda, que tem como principal objetivo destinar o valor angariado ao desenvolvimento de iniciativas, projetos e operações no âmbito da saúde e apoio humanitário no quadro da prevenção e controlo da pandemia COVID-19.

As encomendas podem ser feitas através do site da marca. São mais de 50 rótulos do portefólio total, com entrega gratuita para quem encomendar seis ou mais garrafas.

Entre os vários vinhos disponíveis estão novidades lançadas este mês de março, como a gama Chão dos Eremitas da Fita Preta. Além das novidades, também há edições especiais, até agora pouco acessíveis ao público. É o caso do Fina Flor, um vinho que faz lembrar um xerez seco, produzido em 2013, e um dos brancos do Alentejo mais bem pontuados internacionalmente.

As entregas demoram entre 24 e 48 horas para território nacional e entre 48 e 72 horas para o resto da Europa, mas para quem tem pressa de provar estes vinhos, pode fazê-lo na Grande Lisboa, através da aplicação No Menu que tem, a partir de hoje, 31 vinhos das várias regiões onde o enólogo produz, disponíveis para entrega imediata, no próprio dia.

Tapada do Chaves

Tapada do Chaves

São quase 100 anos de história e, por isso, não há dúvidas quanto à qualidade. Agora, estes vinhos do Alentejo estão disponíveis para entrega em casa. Basta, para isso, escolher a variedade no site da marca e encomendar.

Quiz. Quão conhecedor de vinho é realmente? Faça o teste
Quiz. Quão conhecedor de vinho é realmente? Faça o teste
Ver artigo

Pode escolher entre os vinhos Tapada do Chaves, DOC Alentejo (15,01€), branco da colheita de 2017 ou o Tapada Do Chaves, DOC Alentejo (18,71€), um tinto de reserva de 2014 que, com um aroma intenso e cheio onde se destacam os frutos silvestres e a fruta preta, apresenta suaves notas fumadas, num final complexo e elegante.

Vinhos da Cartuxa

Cartuxa

Com a promessa de facilitar o acesso a vinhos e azeites alentejanos, já está disponível a loja online da Adega da Cartuxa, que terá entregas gratuitas para Portugal continental em encomendas superiores a 40€.

São várias as opções, como o vinho tinto da colheita de 2016 Cartuxa, DOC Alentejo (19€) que por ser encorpado e elegante, é perfeito para combinar com carnes brancas e vermelhas, diversos peixes e pratos italianos. Se preferir branco, há o de 2018 EA Biológico (9€) ou o Pêra-Manca branco, DOC Alentejo de 2017 (50€), bastante apreciado pelo seu aroma frutado e notas de baunilha.

 Além de vinhos, o site disponibilia também azeites. O Cartuxa traduz-se num azeite frutado e suave, ligeiramente amargo e picante, que pode ser utilizado em pratos de peixes brancos e mariscos, saladas, massas, arroz, sobremesas e até doçaria.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.