Quando a matéria-prima é boa, não são preciso grandes artifícios. É justamente isto que se sente no Cortesia, o novo restaurante de Campo de Ourique, especializado em carne grelhada, incluíndo peças maturadas. Um espaço simples, mas moderno, que à qualidade extrema da carne junta acessórios de peso que complementam a protagonista do prato: bons vinhos, molhos deliciosos e umas batatas fritas caseiras e quentinhas que (infelizmente) já são raras de encontrar.

Comemos o melhor dumpling de sempre no JNcQUOI Asia, o restaurante mais bonito de Lisboa
Comemos o melhor dumpling de sempre no JNcQUOI Asia, o restaurante mais bonito de Lisboa
Ver artigo

Aberto desde dia 8 de setembro, a história do Cortesia começa no mesmo bairro lisboeta, mas remonta a 2015, altura em que Anna Arany e os seus dois sócios, os irmãos Inês e Manuel Cabral, abriram o primeiro espaço no Mercado de Campo de Ourique. Com a missão de reinventar o clássico bife com batatas fritas, com molhos exclusivos e que deixam marca no paladar, o trio proprietário do restaurante investiu num quiosque neste conhecido mercado. Ganharam fama e clientes, mas era preciso mais.

"As pessoas iam ao mercado, queriam comer carne, e assim acabavam no Cortesia. Mas não iam especificamente ao nosso restaurante, iam ao Mercado de Campo de Ourique. É verdade que ganhámos clientes fiéis, mas queríamos investir na nossa marca, no nome, e queríamos muito um espaço próprio", conta Anna Arany à MAGG.

Morada: Rua Tomás da Anunciação, 99A, Campo de Ourique, Lisboa
Telefone: 211 333 851
Horário: 12h-22h30, segunda-feira a sábado; 12h-16h30, domingo

Ainda antes de se lançaram no primeiro restaurante de rua, os sócios expandiram-se para o food court do Saldanha Residence com um segundo espaço, que continua em funcionamento. Em janeiro de 2020, numa era pré-pandemia, fecharam as portas do quiosque do mercado e agora, em setembro, apostam as fichas todas no novo restaurante — mas mantiveram-se fiéis a Campo de Ourique.

"Temos muitos clientes aqui do bairro, principalmente aos sábados e domingos, é muito familiar. Apesar de sermos um restaurante para todos, queremos muito concentrar-nos no conceito de bairro, tanto que já planeamos abrir um outro espaço de rua em Alvalade, possivelmente no final do próximo ano", revela Anna Arany.

Com uma ementa simples, indicada para os amantes de carne, a sócia do Cortesia elege o entrecôte maturado a 50 dias (20€) como o seu prato predileto. A Anna que nos desculpe, mas na nossa visita ao restaurante não resistimos ao chuletón maturado a 30 dias (59€, para duas pessoas), que ocupou um lugar no nosso coração — e no paladar, claro está.

Mas há mais para provar: lombo de novilho (17€), vazia do Uruguai (15€), picanha (15€), t-bone maturado a 30 dias (56€, para duas pessoas), entre outros pratos de carne. Se não se incluir nos carnívoros, pode sempre optar pelo lombo de atum vermelho (15€), a opção de peixe da carta, que se mantém igual ao almoço e ao jantar.

Saiba onde provar os pratos de Carlos Afonso, o chef que conquistou Cristina Ferreira
Saiba onde provar os pratos de Carlos Afonso, o chef que conquistou Cristina Ferreira
Ver artigo

Antes de se atirar ao prato principal, comece a refeição com o Corte, o cocktail de assinatura do espaço, que vai ao encontro da afirmação da marca Cortesia desejada por Anna Arany. "É um aperitivo ideal para começar a refeição, e algo para nos destacar dos outros restaurantes de carne. Para fidelizar clientes não só na comida, mas também na bebida, e para ficarmos na memória. Sabe o pisco da Cevicharia, que é super conhecido? Queremos ter isso aqui também", explica a sócia do restaurante.

Cortesia. Carne incrível, batatas fritas caseiras e um cocktail que não vai querer parar de beber
O Corte é o cocktail de assinatura deste novo restaurante.

Acompanhe esta bebida com uma das várias entradas disponíveis, mas sugerimos que não deixe escapar o camembert no forno (8€) e os tacos de tártaro de novilho (8€), que são uma pequena maravilha. Os doces não são esquecidos, e pode escolher, entre outras, sobremesas como a tarte de brigadeiro (4€), que quase parece uma reinterpretação do chocolate Twix.

O espaço tem 24 lugares no interior do restaurante, e ganha uns extra 20 na esplanada, com aquecedores para que consiga usufruir de uma refeição ao ar livre mesmo com temperaturas mais baixas. Está aberto de terça-feira a domingo, mas só serve jantares entre quinta-feira e sábado.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.