Numa altura em que os nossos contactos sociais foram reduzidos consideravelmente e estar em casa é a palavra de ordem, é natural que escolhamos a dedo os locais onde podemos tentar esquecer a pandemia, nem que seja por um par de horas, e ter uma desculpa para investir mais esforço num look além do fato de treino e pijama que usamos para (tele)trabalhar.

Assim, escolher um sítio para uma refeição a dois tem de fazer check nos seguintes pontos: boa comida, serviço atencioso e um bom ambiente. Siga para bingo, porque o Suba, o restaurante situado no último piso do hotel Verride Palácio Santa Catarina, no conhecido miradouro com o mesmo nome, em Lisboa, tem isto tudo e ainda a melhor vista da capital.

Muncheria. Há um restaurante em Lisboa cheio de hambúrgueres, panquecas e milkshakes
Muncheria. Há um restaurante em Lisboa cheio de hambúrgueres, panquecas e milkshakes
Ver artigo

Apesar de o hotel de luxo estar fechado aos hóspedes (#pandemia), o restaurante já está de volta ao funcionamento depois de um 2020 a meio gás causado pelo confinamento, e tem a melhor cozinha de autor à sua espera. O chef Fábio Alves coloca toda a sua mestria à prova em várias sugestões à carta ou menus de degustação com requinte, mas produtos bem portugueses, a piscar o olho às raízes nortenhas do chef.

Morada: Hotel Verride Palácio Santa Catarina, Rua de Santa Catarina 1, 1200-401 Lisboa
Telefone: 211 573 055
Horário: 12h30-22h30 (aberto todos os dias)

E calma: antes de parar de ler este artigo porque restaurante de hotel de luxo e cozinha de autor não se coadunam com uma carteira mais vazia depois do Natal, o Suba aposta em menus de degustação a partir de 50€ por pessoa e alternativas de pratos à carta entre 10€ e 33€, com uma relação qualidade-preço muito satisfatória para este tipo de restaurantes.

carabineiro
O carabineiro com molho de manga é uma das entradas disponíveis na carta do Suba.

A melhor vista de Lisboa é também o restaurante ideal em tempos de pandemia

A cumprir todas as regras de segurança com grande escrutínio, o Suba reduziu a capacidade da sua sala — 30 lugares — e fez um tetris que permite distanciar os clientes ao mesmo tempo que lhes oferece uma vista maravilhosa da capital, do rio Tejo e da ponte 25 de Abril. Na noite em que a MAGG visitou o restaurante, a grande maioria das mesas (indicadas para duas pessoas, dado que estas reservas eram predominantes) estava localizada de frente para as janelas do chão ao tecto, permitindo aos clientes degustar a especial refeição com Lisboa tão ao alcance da vista, o que também acaba por oferecer mais privacidade.

suba
Pode render-se às sugestões do chef Fábio Alves e pedir o Menu do Chef.

Mas a par da vista e com a decoração cuidada do restaurante, aqui a estrela da companhia é mesmo a comida. Pode escolher à carta, ou optar por um dos quatro menus de degustação. O Menu do Chef é composto por cinco pratos e conta com as mais recentes criações do chef Fábio Alves, alteradas a cada 15 dias (65€ por pessoas, sem bebidas).

Já os restantes menus de degustação fazem-se de sugestões que pode provar individualmente na carta, e alternam entre quatro e sete pratos, com valores entre os 50€ e os 110€ por pessoa, sem bebidas (os pairings estão disponíveis a partir dos 40€, consoante o menu escolhido e número de pratos).

7 novos brunches que nasceram para que os restaurantes se mantenham de pé
7 novos brunches que nasceram para que os restaurantes se mantenham de pé
Ver artigo

Seja em menu ou à carta, pode perder-se em entradas como caribineiro com manga e quinoa negra (18€), foie gras com amendoim salgado e cidra (14€) ou a sopa de peixe com robalo e camarão (9€), entre outras. Nos pratos principais, não pode perder o lavagante (33€), o robalo com topinambur e açorda — e que açorda, meus caros — (22€), a vitela maturada com pak-choi e cogumelos (23€) e o mil-folhas de porco bísaro, favas e cogumelos (23€), entre outros. Existem também várias opções vegetarianas, desde os risotos aos raviolis, com preços compreendidos entre os 10€ e os 16€.

Assim que o frio abandonar Lisboa, pode aproveitar para começar ou terminar a refeição com um cocktail no rooftop e não pode perder a oportunidade de ver a cidade como nunca do miradouro 360 do hotel. O Suba está aberto todos os dias e tem ainda um menu executivo disponível ao almoço.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.