A Aldeia da Praia, em Colares, Sintra, tem um oásis para descansar à noite, o Oasis Backpackers Hostel Sintra Surf, atividades de surf, ioga, um playground para as crianças, e um espaço de onde saem as massas mais encantadoras. São as d'A Casinha da Massa, que abriu ao público a 13 de agosto do ano passado, e desde então tem feito as delícias de quem por aqui passa.

As massas são feitas com rigor italiano, sendo obrigatório usar ingredientes vindos de Itália para manter a qualidade. É o caso da azeitona taggiasca, do parmesão e do pinhão para o pesto. Contudo, os ingredientes portugueses não ficam de fora. "A acidez de um bom azeite português [é usado] para manter a qualidade do pesto", diz Jailsa Peruna, uma das proprietárias d'A Casinha da Massa, à MAGG. Jailsa abriu o espaço com o marido Giovanni Ardesi, pizzaiolo, que conheceu aos 20 anos no estado da Bahia, no Brasil.

A Casinha da Massa

Localização: Avenida do Atlântico S/N Antiga Colonia de Ferias da CP, 2705-288 Colares, Portugal
Horário: quarta-feira das 18:30 às 21:30; quinta e sexta-feira, sábado e domingo das 12:30 às 15:30 e das 18:30 às 21:30

Do Brasil passaram para a Itália — não fosse a cozinha deste país a que entusiasma o casal —, Suíça, onde Giovanni está atualmente a trabalhar, e depois Portugal, para onde vieram há quatro anos, depois de se terem apaixonado pelo País sempre que vinham de férias para as zonas de Ericeira e Sintra. Escolheram esta última para instalarem as massas coloridas não só porque Giovanni gosta de surf e aqui está mais próximo da modalidade, como pelo espírito de comunidade da Aldeia da Praia, que se define como "o melhor segredo guardado em Sintra".

Basta olhar para a página de Instagram d'A Casinha da Massa para perceber as cores de que falamos: massa verde, com um efeito de neve branca do parmesão ralado por cima, gnocchi cor de laranja, com um toque de uma flor comestível de tons rosados, e ainda esparguete pomodoro cujo molho de tomate caseiro pede um guardanapo antes de ser comido. Todas as massas são decoradas com plantas comestíveis do Horto Praia Grande, que tornam cada prato ainda mais especial.

Seja qual for a receita, Jailsa Peruna garante que no prato está família, uma vez que foi em casa que começou a aprender os truques da gastronomia italiana, e tradição. "Nada é comercial. É uma coisa que sai do núcleo familiar, da cultura italiana, juntamente com a qualidade da comida mediterrânea e caseira", continua.

Entre o menu vai encontrar pratos como tagliatelle boscaiola ou ragù, spaghetti carbonara ou pomodoro e ainda o famoso fusilli pesto (todos custam 10€). "O que sai seguramente mais é o ragù e o pesto que, como todos os outros molhos, é caseiro", sublinha Jailsa.

Ao lado d'A Casinha da Massa, na Aldeia da Praia, estão outros projetos perfeitos para completar a refeição ao ar livre, com o oceano como pano de fundo. Falamos do Hops & Drops, bar com cervejas artesanais e cocktails, incluindo o novo cocktail gin basil smash. Se quiser diversificar a ementa numa outra ida à Aldeia da Praia, pode variar entre a pizzaria souldough pizza e o Matsu - Sushi & Wine. Ou então, pode aproveitar para provar já cada um dos conceitos enquanto assiste aos jogos do Euro 2020 que serão transmitidos no espaço da Aldeia da Praia, em Sintra.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.