Sejam tabernas, casas, fornos comunitários, fortes, faróis ou castelos, em qualquer um destes sítios está um potencial restaurante para João Rodrigues. Numa viagem pelo País, o chef vai ocupar locais únicos onde cozinhará menus inspirados nos produtos e produtores da região onde se encontra.

A primeira paragem, que acontece já este mês, nos dias 20, 21 e 22 de janeiro, é Boticas, em Trás-os-Montes. O chef vai ocupar a Casa do Pedro, um restaurante familiar com mais de 300 anos na vila de Vilarinho Seco. Os proprietários, Pedro e Ana, são agricultores e produtores de hortaliças, porco bísaro e carne barrosã, e construíram o restaurante na década de 90. Partindo de produtos característicos da zona como trutas, porco bísaro, carne barrosã, batata, couves, fumeiro ou mel, nos dias 20 e 21 João Rodrigues vai cozinhar, para o jantar, um menu de degustação com sete pratos. No dia 22, João Rodrigues contará com a ajuda do chef Vítor Adão para preparar um cozido típico da zona para o almoço.

O jantar de dia 20 e 21 de janeiro tem um custo de 80€ por pessoa, incluindo pairing de vinhos feito por Daniel Rocha e Silva. O almoço de dia 22 também inclui o pairing e custa 45€ por pessoa. Como dependem dos produtos locais, os menus só serão revelados mais perto da data do evento. A seu tempo serão revelados os próximos locais por onde passará esta caravana gastronómica.

Do Feitoria, no Altis Belém, para a estrada

O amor pela natureza, em especial pelo mar, esteve sempre com João Rodrigues. Quando era criança sonhava em ser biólogo marinho mas por se formar em cozinha e pastelaria que, apesar de ser uma carreira muito diferente, também lhe permite explorar o que a Terra tem para oferecer. Passou por restaurantes como o Varanda do hotel Ritz Four Seasons ou pelo Bica do Sapato. Em 2011 começou a trabalhar no Feitoria, o restaurante do hotel Altis Belém, que detém uma estrela Michelin. Apenas dois anos depois, em 2013, tornou-se chef executivo do espaço. Em maio de 2022, deixa o Feitoria, onde trabalhou 13 anos, e decide começar a cozinhar pelo mundo fora, tendo já participado em vários festivais gastronómicos.

Restaurante Gigi vem passar férias a Lisboa. Já pode provar os pratos algarvios no JNcQUOI
Restaurante Gigi vem passar férias a Lisboa. Já pode provar os pratos algarvios no JNcQUOI
Ver artigo

João Rodrigues passou os últimos sete anos a investigar os produtores portugueses e a singularidade da gastronomia nacional. Foi nesse sentido, de promover os produtores nacionais que trabalham eticamente em termos da produção agrícola e animal e que respeitam a natureza e o meio ambiente, que criou o Projeto Matéria.

Em entrevista ao Público, João Rodrigues revelou que vai abrir dois restaurantes, um este ano em Lisboa na rua da Junqueira, que liga Alcântara a Belém, e outro na zona Oeste, chamado Monda, que deverá abrir portas apenas em 2024. Este último é um grande projeto focado na autossuficiência – uma quinta perto do campo e do mar com hortas e animais e até com alguns quartos para receber hóspedes.

Antes disso, vai andar por aí. Primeira paragem: Boticas.

Veja o que pode esperar da primeira residência em Trás-os-Montes

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.