Abriu em novembro e esteve até agora a acertar receitas e menus. Mas chegaram ao ponto que consideram perfeito: os sabores estão lá, os pratos típicos também e agora têm espaço para aquela comida de conforto, que em Portugal chamamos da avó, mas que tendo em conta que esta viagem é ao México, a comida é mesmo da abuela.

Carlos Mañé é mexicano e, enquanto chef do Sicario, quis trazer os sabores da sua infância até Matosinhos. E aqui estão eles: há Pavo a la Yucateca (14,90€), com peru grelhado maya, Carne en su Jugo (14,90€), um estufado de vaca, a Birria de Carnero (16,9€), um prato de borrego com mistura de especiarias e o Chamorro (15,90€), joelho de porco estaladiço. Tudo isto acompanhado por frijoles refritos, uma pasta de feijão mexicana, abóbora assada, arroz à mexicana ou batata assada (todas as opções a 2,50€).

Como dá para notar, aqui não há twists nem americanizações da comida original, tudo é servido como no México. Só as piadas é que são internacionais. É que na casa de banho dos homens está instalado um urinol com a cara de Donald Trump. 

Coyo Taco. O mexicano elogiado por Obama também já está no Cais do Sodré
Coyo Taco. O mexicano elogiado por Obama também já está no Cais do Sodré
Ver artigo
Coyo Taco. O mexicano elogiado por Obama também já está no Cais do Sodré
Coyo Taco. O mexicano elogiado por Obama também já está no Cais do Sodré
Ver artigo

Mas voltemos à comida. Da street food do país vem o Chilpachole de camarão (6€), uma sopa de frutos do mar e pimentos e o Taco Al Pastor (7,90€) feito com porco cozinhado lentamente no espeto, especiarias e ananás. Caso seja um estreante neste clássico mexicano, siga à risca as dicas do “Manual de Tacos para Totós” disponível nas mesas.  

Além dos pratos, também os cocktails respiram México. Como novas criações, o restaurante apresenta o Guerita (6,50€), com Tequila Silver & Reposado, sumo de lima, manga e ananás, malagueta e clara de ovo; a Mezcalita (6,50€), uma mistura de mezcal fumado e tequila com cointreau, sumo de lima, raiz de gengibre e uma borda de sal preto dos Himalaias; e o Passion Fruit Margarita (6,50€), uma reviravolta no clássico favorito com tequilla reposado, sumo de lima, triple-sec e maracujá. Palavras mágicas? Happy hour. Todas as quintas-feiras, é possível usufruir do desconto “dois cocktails por um”, entre as 19 às 21 horas. 

Mas a festa intensifica-se às quartas feiras, nas chamadas "Noites de Futebol", durante as quais é servido um menu composto por uma espécie de Bifana a la Mexicana com o recheio do famoso Taco al Pastor, numa junção perfeita entre Portugal e México. Com uma cerveja custa 7€. Nessas noites os ecrãs ligam-se na bola. Já nas outras, conte com os mais épicos clássicos do cinema mexicano, com protagonistas como Speedy Gonzalez ou o Cantinflas. 

Morada: Rua Roberto Ivens, 340, Matosinhos
Telefone: 22 7668 382
Horário: 13h-15h30, 19h30-01h. Domingo 12h-18h

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.