Está confirmado: o sushi não é apenas uma moda. A prova é o facto de ter sido a categoria de comida mais procurada em 2021 na Zomato. A plataforma revelou as principais tendências gastronómicas em Portugal no ano passado e além do peixe envolvido em arroz, há quem tenha procurado mais vegetais nas cartas dos restaurantes.

A procura por opções saudáveis aumentou de 2020 para 2021 em Lisboa, embora esteja no final do ranking que inclui outras tendências: sushi, hambúrgueres, comida italiana e libanesa, por ordem do mais para o menos pesquisado. É de destacar que, apesar de estarem no fim da lista, as tendências de comida saudável e libanesa entraram pela primeira vez nos tops nacionais da Zomato.

Restaurantes a não perder em Portugal. 6 foodies elegem os seus favoritos
Restaurantes a não perder em Portugal. 6 foodies elegem os seus favoritos
Ver artigo

Já no Porto, além do sushi que também lidera a lista dos tipos de comida mais pesquisados, segue-se o café, pizza, comida portuguesa e tapas. As últimas posições, mais tradicionais, ocuparam os lugares que anteriormente pertenciam aos hambúrgueres e à comida mexicanas.

Em ambas as cidades, as esplanadas, espaços com brunch e espaços à beira rio estão no top três dos atributos procurados.

Ranking tendências gastronómicas Zomato 2021
Ranking tendências gastronómicas Zomato 2021 créditos: divulgação

Outras surpresa em 2021 foi a pesquisa por opções vegan, que aumentou 12,4% face ao ano anterior, e também de opções sem glúten, expressão pesquisada mais 12 vezes relativamente a 2020.

A Zomato não serve apenas para ver os menus (e fotos de babar dos restaurantes), é também uma plataforma que permite fazer reservas diretamente com os restaurantes. E não é que desde o final do primeiro confinamento, em 2020, até 2021, as reservas aumentaram quase 50% — 61% online e 39% por telefone? Já não há quem arrisque perder o lugar no restaurante e o ideal é que reserve e apareça mesmo para ajudar os estabelecimentos que ainda lutam contra o impacto da pandemia.

Reserva e Aparece. O movimento que quer acabar com as não comparências nos restaurantes
Reserva e Aparece. O movimento que quer acabar com as não comparências nos restaurantes
Ver artigo

Os dias úteis são os que têm mais marcações e, ao contrário dos espanhóis, os portugueses gostam de jantar cedo, sendo que tanto durante a semana, como ao fim de semana, o horário preferido é entre as 20h e as 20h30.

Ir a um restaurante já não é ir só comer fora, é também uma experiência que merece ser partilhada e mais 1,7 dos utilizadores da plataforma deixaram o feedback de barriga cheia, ou nem tanto. A maioria fez boas avaliações, mas no quando há queixas as principais são sobre a comida (47%) e o espaço é o que recebe menos pontos negativos (18%).

Fica a incógnita sobre o que vai marcar as tendências gastronómicas em 2022, mas, segundo alguns chefs, o sushi pode ser destronado pela "comida da conforto".

Destacam-se os pães, estufados e pastas, bem como pratos com vegetais e lasanha — pratos que podem vir a dominar a oferta dos restaurantes em 2022, de acordo com os chefs Phelix Gardner, do PAGO, em Salt Lake City, capital do estado de Utah, nos Estados Unidos, e Amy Yi, do Genuine Foods, em Washington, respetivamente, à revista "Food & Wine Magazine".

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.