Sacuda os pés, porque está prestes a entrar na casa das Big Grrrls: o espaço onde Lizzo vai conviver com dez "mulheres confiantes", dispostas a dar tudo para a impressionar. Em jogo está a oportunidade única de atuar com a cantora na sua digressão mundial, mas (alerta, spoiler) nem todas terão lugar em palco.

15 fotografias de Lizzo, a artista mais nomeada desta edição dos Grammys
15 fotografias de Lizzo, a artista mais nomeada desta edição dos Grammys
Ver artigo

Quem serão as felizes contempladas? É o que vamos descobrir já a 13 de maio, na Prime Video, em "Lizzo’s Watch Out For The Big Grrrls", a série documental (que tinha tudo para ser um reality show) que nos convida a espreitar o processo de seleção.

Há música, há dança, há partilha de histórias emocionantes e, acima de tudo, há espaço para que a luta contra o preconceito esteja na mira de todos os holofotes. No centro da ação? Mulheres que viveram durante anos com o rótulo de "big girl" ("rapariga grande", em português, um termo associado ao peso e ao volume do corpo de uma mulher) e que, agora, se veem finalmente representadas.

"Mulheres como eu não se veem representadas, por isso arregacei as mangas", explica Lizzo, no trailer oficial.

Conta com um total de oito episódios, nos quais "dez mulheres com esperança se mudam para a casa das Big Grrrls e têm de provar que têm o que é preciso para se juntarem a Lizzo num palco em frente a uma audiência global", avança a plataforma de streaming.

Ao lado de Lizzo, na procura pelas futuras "dançarinas dinâmicas", está Tanisha Scott, membros originais das Big Grrrls (Chawnta’ Marie Van, Shirlene Quigley e Grace Holden) e, ainda, vários convidados especiais, incluindo a coreógrafa Charm La’Donna e a especialista em movimentos corporais Rashida KhanBey Miller.

O desafio está lançado e estas dez mulheres vão fazer de tudo para conquistar um lugar em palco ao lado de Lizzo, a cantora norte-americana que dá voz a êxitos como "Juice", "Good As Hell", "Truth Hurts" ou, recentemente, "About Damn Time".

Veja as primeiras imagens.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.