Apesar de já ter pedido desculpa a Chris Rock e renunciado à Academia, a agressão do Will Smith ao comediante, em plena 94.ª cerimónia dos Óscares, a 28 de março, pode estar a afetar a sua carreira como ator. Pelo menos, dois dos projetos a que estava alocado, um filme para a Netflix e outro para a Sony, já foram postos em suspenso.

Will Smith demite-se da Academia dos Óscares. "Estou de coração partido"
Will Smith demite-se da Academia dos Óscares. "Estou de coração partido"
Ver artigo

Apesar de Will Smith já ter alegadamente recebido o guião, com cerca de 40 páginas de texto, "The Hollywood Reporter" confirmou que a produção do filme "Bad Boys 4", da Sony, foi suspensa. Ao que se sabe, com base na publicação deste sábado, 2, as rodagens já teriam arrancado, mas a plataforma decidiu não avançar, pelo menos para já, com a concretização do filme.

A mesma publicação conta ainda que tudo indica que será a investigação da Academia a ditar se: 1) o filme vai mesmo avançar e 2) caso aconteça, se Will Smith continuará a integrar o elenco. Até à data, a Sony ainda não se manifestou.

"Fast and Loose" foi suspenso, mas Smith pode não ser o único motivo

Já na Netflix, o cenário é semelhante, ainda que tenha outras implicações. A plataforma de streaming já anunciou que vai atrasar a produção do filme "Fast And Loose", previamente anunciado a 21 de julho de 2021.

A decisão surge dias após a agressão a Chris Rock, no entanto ainda não é certo se o incidente na gala dos Óscares terá sido o principal motivo.

Isto porque na semana que antecedeu a cerimónia da Academia, David Leitch também saltou fora do projeto. Ao que se sabe, o realizador terá recebido um convite urgente para abraçar um novo desafio, desta vez associado à Universal: "Fall Guy", um filme que já está em cima da mesa desde 2020 e que conta ainda com a participação de Ryan Gosling.

Polícia estava a postos para prender Will Smith depois da agressão, mas Chris Rock opôs-se
Polícia estava a postos para prender Will Smith depois da agressão, mas Chris Rock opôs-se
Ver artigo

Ainda não se sabe se a plataforma de streaming vai (ou não) voltar a apostar em "Fast And Loose" ou se, mesmo em caso afirmativo, Will Smith continuará a integrar o elenco. A revista "Variety" já contactou a Netflix no sentido de obter um comentário oficial, no entanto, até à data, ainda não obteve resposta.

Will Smith seria o alegado protagonista de "Fast and Loose", um novo filme de ação da Netflix que conta a história de um chefe do crime que perde a memória depois de um ataque. E que, com as pistas do passado, acorda em Tijuana, na fronteira dos Estados Unidos com o México, e vem a descobrir que vive uma vida dupla. Afinal, não só não é apenas um civil normal, como até é agente da CIA.

A história de "Fast and Loose" já estaria fechada, no entanto ainda não se sabe quais as repercussões que uma eventual saída de Smith possa provocar.

Até à data, há apenas um filme de Will Smith em fase de pós-produção, "Emacipation", da Apple TV+, que deverá estrear já este ano. No entanto, a plataforma de streaming ainda não avançou qualquer data para a estreia nem comentou o conflito entre o ator e Chris Rock.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.