Um casamento que não corre como se esperava, amigos em inúmeros sarilhos e muita confusão à mistura numas férias que se queriam perfeitas e tranquilas. É isto que pode esperar de "Amigos Passageiros", o novo filme divertido e descontraído que chega esta sexta-feira, 27 de agosto, ao catálogo português da Disney+.

Nesta história, o casal composto por Marcus (Lil Rel Howery) e Emily (Yvonne Orji) vê o seu casamento interrompido de forma inesperada quando os amigos Ron (John Cena) e Kyla (Meredith Hagner), que conheceram nas férias, decidem aparecer sem terem sido convidados com o propósito de dar continuidade às festas, cheias de excesso, que os quatro protagonizaram no México.

Neste filme, John Cena, lutador de wrestling profissional e ator, volta a fazer uso do registo cómico que já tinha usado em produções anteriores para interpretar um amigo inconveniente, mas com enorme coração. Sobre a forma como se identifica com a personagem, o ator explica que se revê na maneira como Ron tem a capacidade de "viver no momento e de apreciar esta viagem que é a vida".

9 filmes que já estão nas plataformas de streaming e que tem (mesmo) de ver
9 filmes que já estão nas plataformas de streaming e que tem (mesmo) de ver
Ver artigo

"É uma pessoa que não tem vergonha de ser quem é e que adora tomar o controlo das situações quando o objetivo é garantir diversão para o grupo de amigos", refere John Cena em conferência de imprensa de promoção ao filme.

E ainda que dê vida a uma pessoa inconveniente que decide estragar o casamento do amigo, Cena não olha para Ron como uma figura desrespeituosa — mesmo que, à primeira vista, a personagem pareça isso mesmo e os espectadores se sintam incentivados a vê-lo dessa forma.

"Não acho que tenham [referindo-se à sua personagem, mas também à de Hagner, que dá vida a Kyla] mau fundo. Simplesmente funcionam com base numa construção diferente daquelas que são as convenções sociais há muito estabelecidas. É isso que os faz viver no momento", continua.

Um filme de comédia com situações "histéricas e absurdas"

O título do filme, refere o ator, diz tudo aquilo que precisa de saber sobre a história. "Assim que li o argumento, adorei-o porque quem o vir, vai saber exatamente ao que vai. Qualquer boa comédia pega em situações muito próximas de nós, e que são de fácil identificação, para as tornar histéricas e absurdas."

Essa transformação do mundano em absurdo está presente do início ao fim de "Amigos Passageiros", que questiona como é que quatro amigos se podem continuar a dar bem depois do caos que dois deles criam.

"Este filme põe-nos em situações... vou usar 'A Ressaca' como exemplo. Qualquer pessoa sabe exatamente sobre o que é esse filme, mas é tão excessivo e hilariante que não podemos deixar de nos rir. Porque as personagens passam por situações absurdas. Quem for ver este 'Amigos Passageiros', também saberá exatamente ao que vai. Foquei-me em viver o momento, tal como a personagem."

Mas John Cena destaca ainda a importância do filme se estrear em plena pandemia e espera que as pessoas se divirtam. É possível retirar mensagens extra da história, diz, mas o importante é que quem o vir "se ria".

"O filme chega numa boa altura, especialmente agora em que, devido ao contexto atual [da pandemia], muitas pessoas tiveram de alterar as suas férias e pensar em planos alternativos. Espero que se possam sentar, ver o filme e recordar momentos felizes das suas vidas", conclui o ator.

Realizado por Clay Tarver, "Amigos Passageiros", um original da Hulu que chega a Portugal pela Disney+, conta com um elenco composto por nomes como Anna Maria Horsford, Lynn Whitfield, Robert Wisdom, Kamal Angelo Bolden, Travis Love e Julitza Berberena.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.