Um boneco verde e fofinho foi o que bastou para que a nova série do universo de "Star Wars" se tornasse num dos assuntos mais comentados das redes sociais aquando da estreia, no final de 2019. Falamos, claro, do Baby Yoda e de "The Mandalorian", uma produção exclusiva da Disney+ que regressa esta sexta-feira, 30 de outubro, para uma segunda temporada.

E porque há uma geração "Star Wars", composta por pessoas que colecionam cromos, pósteres, bonecos e que sabem a ordem correta de todos os filmes da saga, espera-se que, à semelhança da primeira temporada, também esta prometa gerar discussão nas várias plataformas digitais. A explicação é simples: além do fenómeno criado por um Yoda bebé, que fez chegar a série a novos públicos à medida que os episódios iam sendo lançados semanalmente, revelou ser fiel àquilo que os fãs do universo criado por George Lucas esperavam ver.

Além de a história se passar entre a trilogia de filmes original e a mais recente, "The Mandalorian" conta com um elenco de luxo e que já é conhecido do público, depois de ter figurado em algumas das séries mais importantes dos últimos anos.

Pedro Pascal ("A Guerra dos Tronos"), Diego Luna ("Narcos") e Giancarlo Esposito ("Breaking Bad") são só alguns dos atores envolvidos na construção, para televisão, da história de um caçador de recompensas que se vê a braços com a decisão mais difícil da sua vida durante uma missão: fazer o seu trabalho e respeitar o código ético por que se rege ou quebrar tudo aquilo que tinha como certo e proteger o alvo que deveria capturar a troco de dinheiro.

Elogiada pela crítica internacional, "The Mandalorian" é, para já, a única série bandeira da Disney+ e, por isso, talvez a única a justificar uma subscrição ao serviço dos utilizadores que não forem fãs do catálogo imenso da empresa. A propósito da estreia do primeiro episódio da segunda temporada, já disponível em catálogo, a MAGG reuniu algumas das curiosidades mais interessantes sobre a série.

Há a geração “Star Wars”. Mas também já há a geração "Harry Potter"
Há a geração “Star Wars”. Mas também já há a geração "Harry Potter"
Ver artigo

Sabia, por exemplo, que a marioneta do Baby Yoda custa cerca de 4 milhões de euros? Ou que, por vezes, o protagonista Pedro Pascal não está fisicamente em frente às câmaras a gravar? Uma vez que a sua personagem surge de rosto coberto por um capacete, é fácil disfarçar o uso de um ou mais duplos. A voz do ator é gravada em pós-produção. Mas há mais factos interessantes.

Contamos-lhe 11 curiosidades sobre a série sensação do universo de "Star Wars".

  1. No total, "The Mandalorian" teve um custo de cerca de 12 milhões de euros por episódio — fazendo dela uma das séries mais caras de sempre, ultrapassando a barreira dos 100 milhões de euros;
  2. Na verdade, Pedro Pascal tem dois duplos: um especializado apenas para cenas com tiroteios e outro usado nas longas sequências de ação;
  3. Devido à atenção mediática que a produção da série recebeu, os estúdios de gravações foram visitados por grandes nomes de Hollywood — como os realizadores Coen e até Steven Spielberg;
  4. Embora haja várias marionetas do Baby Yoda, a principal — a que é utilizada para grandes planos de câmara —, custa cerca de 4 milhões de euros;
  5. O Baby Yoda é, na verdade, uma marioneta e raramente há efeitos especiais envolvidos durante as cenas em que a personagem aparece;
  6. No total, são precisas duas pessoas para manusear a marioneta. Uma controla a boca e os olhos e outra fica responsável pelas expressões faciais e o movimento das orelhas;
  7. A realizadora Deborah Chow, responsável pelo terceiro e o sétimo episódio, foi a primeira mulher a dirigir um conteúdo do universo de "Star Wars";
  8. O realizador Werner Herzog aceitou fazer parte da história de "The Mandalorian" sem nunca ter visto um filme de "Star Wars" na vida;
  9. Ainda que Pedro Pascal seja o protagonista da história, são vários os episódios em que não é o ator que surge fisicamente em frente às câmaras, mas sim o seu duplo. E ninguém é capaz de desconfiar, até porque a personagem de Pascal tem sempre o capacete posto, cobrindo-lhe o rosto;
  10. Antes de "The Mandalorian" ser encomendada pela Disney, houve pelo menos 50 guiões escritos e mais de 100 episódios planeados por vários argumentistas ao longo dos anos. O motivo da demora? O custo da produção;
  11. Antes da estreia da segunda temporada de "The Mandalorian", surgiram vários rumores de conflitos entre Pedro Pascal e a restante equipa de produção por, alegadamente, o ator exigir aparecer mais vezes em cena sem o capacete. Os rumores, avançados por fontes próximas das equipas de produção, nunca foram confirmados oficialmente.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.