Pouco tempo depois da estreia da segunda temporada de "Emily em Paris", Lily Collins assume um papel totalmente diferente num novo thriller da Netflix. Desta vez, longe da cidade do amor, mas produzido "pelo seu amor" — já que o novo filme da plataforma de streaming foi produzido pelo marido da atriz, Charlie McDowell.

Já é oficial: "Emily in Paris" vai contar com (pelo menos) mais duas temporadas
Já é oficial: "Emily in Paris" vai contar com (pelo menos) mais duas temporadas
Ver artigo

"Windfall", que estreia já a 18 de março, na Netflix, oscila entre o drama e a comédia e conta a história de um casal de milionários (Lily Collins e Jesse Plemons), que vê a vida a andar para trás assim que entra na luxuosa mansão de férias da família.

Porquê? Porque, ao contrário do que seria de esperar, a casa já conta com o inquilino indesejado: um ladrão persistente (Jason Segel), que sabe perfeitamente aquilo que procura. E será preciso mais do que um cheque generoso para satisfazer o assaltante — que mais do que de dinheiro, procura vingança.

Em jogo estão ressentimentos pessoais, é certo, mas a personalidade dos intervenientes no roubo torna o assalto insólito e imprevisível, sem deixar de ser dramático. O trailer oficial foi divulgado esta terça-feira, 15 de fevereiro.

A estrela de "Emily in Paris" recorreu às redes sociais para anunciar o novo filme e fez questão de mencionar o trabalho do marido, Charlie McDowell, que também escreveu o guião, em conjunto com Justin Lader e Andrew Kevin Walker. "As primeiras cenas de 'Windfall', produzido pelo meu amor", escreveu. "Estou muito grata e orgulhosa desta equipa, que tornou possível esta experiência intimista".

Recorde-se de que o casal ficou noivou em setembro de 2020 e o casamento aconteceu a 4 de setembro de 2021. Recentemente, no Dia dos Namorados, o realizador fez questão de expressar o amor pela mulher através de uma complicação de fotos e vídeos, no Instagram. "Conquistaste-me com máscaras de hidratação profunda", escreveu, em tom de brincadeira.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.