Quando, no final de 2019, J Balvin, 35 anos, se preparava para dar o seu maior concerto de sempre num dos recintos mais importantes de Medellín, na Colômbia, o seu país de origem, a euforia de tocar em casa contrastava com o medo, o pânico e a violência que se sentiam nas ruas da cidade de dia para dia.

Numa Colômbia cada vez mais agitada devido à introdução de novas medidas de austeridade que, por sua vez, desencadearam protestos e casos de violência policial, a figura de J Balvin divide-se entre duas frentes: a de entreter o seu público e a de, enquanto José Álvaro Osorio Balvin, condenar as atrocidades que vai vendo serem cometidas diariamente pela polícia.

Os 13 momentos mais WTF de Kanye West
Os 13 momentos mais WTF de Kanye West
Ver artigo

É essa dicotomia que ganha palco em "The Boy From Medellín", o primeiro grande documentário centrado numa das figuras mais importantes do movimento do reggaeton — e que já colaborou com artistas como Beyoncé, Jennifer Lopez e Justin Bieber — e nos seus demónios pessoais.

Na produção, realizada por Matthew Heineman, é-nos mostrado o que significa para o cantor voltar a Medellín, mas também todas as dificuldades com que tem vindo a ser obrigado a lidar desde que alcançou o sucesso — nomeadamente os episódios de ansiedade e de depressão que, muitas das vezes, estão presentes nas suas canções.

"The Boy From Medellín" recupera entrevistas com o próprio J Balvin, que, confessa, teve de se habituar à ideia de ter de abdicar da privacidade que tanto prezava para, de repente, ter mais de dez câmeras apontadas a si entre cenas, mas também com pessoas da sua equipa e fãs em Medellín.

Deambulando entre o jeito documental e o de um filme-concerto, "The Boy From Medellín" vai poder ser visto esta sexta-feira, 7 de maio, em exclusivo na Amazon Prime Video.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.