Depois de dois anos sem festivais de verão, Santos Populares e todos aqueles arraiais que surgem a cada esquina de junho a agosto, as semanas de animação já chagaram para tirar a barriga de misérias. Mas se os adultos já pensam nos Rock in Rio e Alives da vida, as crianças vão saltar — literalmente — de alegria com o regresso do Mega Festival de Insufláveis.

De Dua Lipa ao NOS Alive. 15 concertos e festivais que não pode perder até ao final de 2022
De Dua Lipa ao NOS Alive. 15 concertos e festivais que não pode perder até ao final de 2022
Ver artigo

Com datas em junho e julho, o evento que reúne mais de 30 insufláveis com nomes tão apelativos como Trampolim Dinâmico, Mega Escorregão, Monstro de Água e Escorrega de Espuma — sim, alguns envolvem muita água e grandes molhas —, entre outros, volta pela terceira vez ao Estoril e estreia-se na zona de Lisboa, mais concretamente em Belém.

Para além das mais de três dezenas de insufláveis para toda a família (entrada reservada a maiores de 3 anos), o festival conta ainda com uma zona de descanso, barraquinhas de street food e pinturas faciais para alegrar ainda mais o dia dos mais novos.

Em junho, mais concretamente entre os dias 10 e 12, o Mega Festival de Insufláveis chega aos Jardins Vasco da Gama, em Belém. Cerca de um mês depois, entre 8 e 10 de julho, é a vez dos Jardins do Casino Estoril, no Estoril, receberem a diversão (festival funciona entre as 10h e as 19h).

Os bilhetes para o Mega Festival de Insufláveis (que permite o acesso ilimitado a todos os insufláveis) já estão à venda em diferentes modalidades: o acesso individual comprado antecipadamente (até 8 de junho para Belém e 30 para o Estoril) custa 15€, enquanto o mesmo acesso passa para 20€ se comprado no local (pode ter 5€ de desconto se fizer uma dádiva de bens alimentares e de higiene). Já o pack família, que permite o acesso de cinco pessoas ao festival, custa 59€.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.