Nesta altura do ano e com as férias à espreita, a cabeça pede descanso, séries descontraídas e, acima de tudo, divertidas. É o que encontramos em produções como "Supermães", inteiramente disponível no catálogo da Netflix, sobre quatro mães que têm de voltar ao trabalho depois de as suas licenças de maternidade chegarem ao fim. No entanto, e como previsto, o regresso não é assim tão pacífico como previsto.

Sugerimos também "Black-ish", a série de comédia sobre um homem negro inserido num bairro privilegiado, e predominantemente branco, dos EUA. As situações que protagoniza são hilariantes, insólitas e, por isso, fáceis de arrancar gargalhadas do espectador.

7 séries que pode ver de uma assentada em apenas um dia (ou dois)
7 séries que pode ver de uma assentada em apenas um dia (ou dois)
Ver artigo

Também pode ver "The Office", um clássico da televisão de comédia que ainda hoje é considerada uma das mais importantes de sempre da indústria. Mas há mais.

Mostramos-lhe 8 séries divertidas, hilariantes e leves para começar a ver neste verão — todas em plataformas de streaming.

"Trying" (Apple TV+)

"Trying" é a série de comédia fofinha e divertida da Apple TV+ que acaba de regressar para uma segunda temporada e foca-se num casal inglês que está, há vários meses, a tentar engravidar.

Confrontados com o tema de infertilidade, que ambos sempre acharam que só acontecia aos outros, veem-se a braços com a decisão de adotar uma criança. Mas se as tentativas recorrentes de engravidar frustram Nikki ao ponto de levar o casal a um ponto de quase rutura, o longo e tortuoso processo de adoção é o que serve para pôr a vida do casal em perspetiva.

A segunda temporada estreou-se a 21 de maio e vai terminar a 2 de julho.

"Physical" (Apple TV+)

A nova grande aposta da Apple TV+ é "Physical". A história passa-se em meados de 1980, em San Diego, nos EUA, e acompanha os dilemas de Sheila Rubin (a personagem interpretada por Rose Byrne).

Trata-se de uma mulher que vive uma vida aborrecida e tortuosa enquanto dona de casa, correspondendo às convenções e expectativas sociais, mas que depressa começa um longo caminho pela busca do empoderamento feminino. Como? Através da inscrição em aulas de aeróbica.

A série mistura drama e comédia para episódios de boa disposição e crítica social.

"Rick and Morty" (HBO e Netflix)

O cientista doido e o seu neto não muito brilhante estão de volta. Em Portugal, a nova temporada (a quinta) de "Rick and Morty" será um exclusivo da HBO e promete muito daquilo a que a série nos foi habituando: momentos hilariantes, constrangedores e quase nunca iluminados. O primeiro episódio estreou-se no domingo, 20 de junho.

A estreia da nova temporada coincide também com a disponibilização de todas as temporadas da série no catálogo da HBO pela primeira vez.

As primeiras quatro temporadas estão também disponíveis no catálogo da Netflix — não sabemos por quanto tempo.

"Supermães" (Netflix)

Com a quinta temporada estreada em fevereiro, "Supermães" é a sitcom divertida para ver nesta altura em que a cabeça pede descanso e séries não muito complexas. Inteiramente disponível na Netflix, esta conta a história de quatro mães que, assim que as suas licenças de maternidade chegam ao fim, têm de voltar ao trabalho.

"Luca". 5 razões para ver o novo filme fofinho e adorável da Pixar
"Luca". 5 razões para ver o novo filme fofinho e adorável da Pixar
Ver artigo

Fazem-no, no entanto, cientes de que o regresso obriga a uma gestão muito maior das suas responsabilidades: do bem-estar dos filhos, da relação com os patrões nos escritório, e dos seus casamentos.

O resultado está em cinco temporadas de episódios de cerca de 20 minutos cada.

"The Marvelous Mrs. Maisel" (Amazon)

Quando uma dona de casa dos anos 50 decide desafiar as convenções sociais da sua época, o resultado é a hilariante e sempre inteligente "The Marvelous Mrs. Maisel". Interpretada por Rachel Brosnahan("House of Cards"), a série acompanha os dilemas da protagonista quando esta percebe que está destinada para mais do que aquilo que a sociedade machista espera dela.

É por isso que, logo nos primeiros episódios, Maisel troca as lides domésticas e o sonho de constituir família por um microfone e um palco de stand up, através do qual se pretende afirmar como humorista.

O resultado são três temporadas de muita qualidade e humor, tanto que a série já foi distinguida com inúmeras nomeações nos Emmys e nos Globos de Ouro.

"Black-ish" (Disney+)

Disponível no catálogo da Disney+, debaixo da secção Star, está "Black-ish": uma série de comédia sobre um homem de família que tenta, a todo o custo, reconciliar-se com a sua própria identidade enquanto homem negro num bairro predominantemente branco e composto por privilegiados da alta sociedade.

Anthony Anderson e Tracee Ellis Ross são os protagonistas desta história que mistura intriga familiar, situações absolutamente tontas (e, por isso, hilariantes) e crítica social.

"The Office" (Amazon)

Um clássico da história da televisão. Adaptada da versão britânica, a versão americana de "The Office", inteiramente disponível no catálogo da Amazon Prime Video em Portugal, acompanha a semana rotineira de funcionários de um escritório. Pelo meio, há confronto de egos, conflitos mesquinhos e muita parvoíce. Mas é isso que faz com que a série seja uma das mais divertidas algumas vez feitas, segundo a crítica internacional.

Das nove temporadas inteiramente disponíveis em streaming, Steve Carell é o grande protagoniza apenas até à sétima.

"Ted Lasso" (Apple TV+)

Não há melhor altura do que está para começar a ver "Ted Lasso", uma das melhores de 2020 e que regressa para uma segunda temporada já a 23 de julho. Protagonizada por Jason Sudeikis, a história foca-se na figura de Ted Lasso, que é contratado para treinar uma equipa de futebol profissional em Inglaterra. Problema? O facto de ter zero experiência.

Sabemos, logo ao início, que a contratação, a mando da atual presidente do clube, é mesquinha e tem como objetivo levar o clube à ruína depois de o marido, o dono da equipa, a ter traído com uma mulher muito mais jovem. Apesar disso, Ted Lasso nunca esmorece e encara a vida com um sorriso nos lábios.

Nem mesmo quando o casamento começa a ruir.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.