A Feira do Livro de Lisboa vai regressar ao sítio do costume, o Parque Eduardo VII, entre os dias 25 de agosto e 11 de setembro. O local pode ser o mesmo, mas o conceito está totalmente renovado e há muito mais para ver.

Esta é, segundo a organização do evento, a maior edição de sempre. A Feira do Livro de Lisboa vai contar com mais participantes, que representam centenas de editoras, mais pavilhões, novas praças e uma programação cultural muito diversificada e ideal para todas as idades.

Além de esta edição estar assente na sustentabilidade, pelo facto de os novos expositores terem sido construídos com recurso a materiais sustentáveis, a acessibilidade de pessoas com mobilidade reduzida também está assegurada. Este é o compromisso que a Associação Portuguesa de Editores e Livreiros (APEL) tem com a sustentabilidade e o ambiente.

Diversão para miúdos e graúdos. Depois do Funchal, 3D Fun Art Museum chegou a Lisboa
Diversão para miúdos e graúdos. Depois do Funchal, 3D Fun Art Museum chegou a Lisboa
Ver artigo

E a sustentabilidade não é apenas assegurada dentro da feira – a forma como tenciona deslocar-se para ela também importa. Por isso, a APEL estabeleceu uma parceria com a EMEL, e a GIRA – sistema público de bicicletas partilhadas – é, agora, o transporte oficial da Feira do Livro de Lisboa.

Adicionalmente, a utilização de transportes públicos continuará a ser promovida como meio privilegiado de deslocação até ao evento. Todas estas medidas visam contribuir para a transformação de Lisboa numa cidade "mais acessível, menos poluída, com menos ruído", lê-se num comunicado a propósito do evento.

Há até um país convidado: a Ucrânia, que terá um stand próprio. "O convite foi imediatamente aceite pela embaixadora da Ucrânia, na altura, e estamos a trabalhar com o estado da embaixada e com a Federação de Editores ucraniano para perceber como podemos potenciar não só a literatura ucraniana, como os autores ucranianos", referiu o presidente da APEL, citado pelo "Diário de Notícias".

De clássicos a contemporâneos, Porto Editora coloca à venda grande oferta de livros em braille
De clássicos a contemporâneos, Porto Editora coloca à venda grande oferta de livros em braille
Ver artigo

Seja como for, além de comprar livros, pode sempre aproveitar a programação que o evento oferece: debates, lançamentos, entregas de prémios, sessões de autógrafos com autores nacionais e internacionais. E se, a certo ponto, o cansaço tomar conta de si, terá as múltiplas zonas de descanso e lazer, esplanadas e zonas de restauração à espera de o receber.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.