Aos 31 anos, João Montez estreou-se na paternidade. No passado dia 14 de abril nasceu Maria Luísa, fruto da relação que mantém com Inês Gutierrez desde 2017. Para se preparar para esta nova etapa, o apresentador foi pesquisar sobre a experiência, na primeira pessoa, da paternidade. Mas pouco encontrou.

Havia vários testemunhos provenientes do Brasil, mas uma lacuna na oferta portuguesa. Descoberta a lacuna, havia que colmatá-la. "Devias fazer o mesmo", desafiou Inês, quando confrontada com os conteúdos brasileiros. João Montez começou "a pensar mais a sério na coisa".

Inês Gutierrez e João Montez já foram pais. Veja as primeiras imagens da bebé
Inês Gutierrez e João Montez já foram pais. Veja as primeiras imagens da bebé
Ver artigo

O que começou como uma "conversa descontraída" rapidamente passou para tópico em "encontros casuais e eventos". O potencial estava lá por explorar. Ao longo dos meses da gravidez de Inês, João começou "a perceber que há muito para ser partilhado", até que decidiu: "Bora lá ouvir e conversar com pais que eu conheço".

Paria assim o "Querida, mudei a fralda", cujo nome é um trocadilho com a atual ocupação do comunicador enquanto apresentador do programa "Querido, mudei a casa", transmitido na TVI e na TVI Ficção. Em episódios com uma duração "sempre superior a meia hora", vai conversar com futuros pais ou pais que já o são há muito tempo.

O objetivo? "Criar um espaço seguro onde podemos falar de tudo relativo à paternidade, seja do bom ou do mau". Este género de "paternidade para totós" terá uma periodicidade semanal e pode ser ouvido em plataformas como o Spotify e o Apple Podcasts. Serão também disponibilizados, no Instagram do apresentador, pequenos teasers com vídeos de trechos das conversas.

João Montez é pai há uma semana, mas já tem uns quantos episódios gravados. Não, não é um milagre. Começou a trabalhar no podcast enquanto Maria Luísa ainda não era nascida. Já obteve as perspetivas do empresário Ricardo Martins Pereira (para o primeiro episódio, já disponível), do cantor dos D.A.M.A Miguel Coimbra, e de Guilherme Machado, namorado de Mafalda Sampaio — todos eles pais. "Ficávamos a falar horas", contou à MAGG.

Os temas? "A gravidez, a experiência das primeiras consultas e exames, a vivência física e psicológica, como lidas com a tua companheira grávida, o que acarreta um pós-parto" e por aí em diante. Numa fase inicial,  João Montez procurava dicas e "tinha sempre a premissa de como é que se passa da teoria à prática".

"Existe uma clara necessidade de discutir o papel de pai na sociedade moderna"

Com o mundo digital a trazer a abundância de conteúdos de streaming, foi isso mesmo que João procurou durante a gravidez de Inês Gutierrez. Sabia que os havia para a maternidade, mas, quando percebeu que tal não se verificava quanto à paternidade, "queria mais sobre o assunto". E porque não informar-se junto dos amigos que também estavam a iniciar esta nova fase?

Melhor ainda, porque não disseminar esse conhecimento? Este "conteúdo para pais" é, para João, cada vez mais relevante. "O conceito de paternidade encontra-se numa altura importante de mudança. Existe uma clara necessidade de discutir o papel de pai na sociedade moderna, que nada tem a ver com o papel de há uns anos", explicou-nos.

"Eu também fiz este bebé. Cada um tem um papel ao criar um novo ser. É urgente chamarmos cada vez mais a atenção para este tipo de questões", alerta o apresentador de 31 anos, que considera fulcral "questionar qual é o lugar que o homem do século XXI  ocupa na criação de um filho".

Reconhece que existe "uma comunidade entre as mães", que se unem, mas que não criam "grande espaço para este tipo de partilhas entre os pais". "Estão lá — na minha opinião, erradamente — só para dar apoio", algo que crê ser "um bocadinho geracional".

Ao criar o podcast, pretende também criar esta dinâmica de debate coparental. Apesar de ser um conteúdo "de pai para pais", convida também as mães a ouvi-lo, já que poderão refletir acerca do que os companheiros pensarão de certas temáticas relativas à paternidade, como de que forma "vivenciam esta coisa de criar um filho".

Para já, a experiência de Montez como pai está a ser "uma aventura muito desafiante". A privação de sono não dá tréguas, mas, mesmo assim, os recém-papás estão "absolutamente rendidos" e "a transbordar de felicidade". "É um sentimento arrebatador", assegurou-nos este pai.

Com "Querida, mudei a fralda", João Montez vem "alimentar" a paixão pela rádio, atividade a que pretende regressar assim que possível. Não se trata da estreia do apresentador no mundo dos podcasts. Essa aconteceu em "RealPro Talks", podcast onde conversava com especialistas em desporto de alto rendimento.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.