Uma criança quando nasce é completamente dependente dos cuidados dos pais e o primeiro trimestre de vida é crucial para o seu desenvolvimento. Um bebé recém-nascido necessita de cuidados 24 horas por dia e isso pode ser um grande desafio para os pais e, em particular, para a mãe que estará naturalmente mais sensível durante essa fase.

É importante que, durante os primeiros tempos, a mãe preserve a sua paz para que essa tranquilidade transpareça para o bebé. Por vezes, uma mãe que se está a adaptar a novas rotinas, a dormir pouco, especialmente se tiver a amamentar, pode não ter disposição para fazer sala, receber dicas, ouvir opiniões gratuitas de outros e fazer conversa de circunstância sobre assuntos que não são relevantes naquele momento da sua vida.

Os bebés também têm depressões. Pedopsiquiatra aponta sintomas a que os pais devem estar atentos e de como tratar a doença
Os bebés também têm depressões. Pedopsiquiatra aponta sintomas a que os pais devem estar atentos e de como tratar a doença
Ver artigo

Quando um bebé chega à família há sempre a tentação de o visitar logo. Mas será que isso é bom para a criança? No livro “O Quarto Trimestre”, a pediatra Joana Martins apresenta as razões pelas quais as visitas são dispensáveis no primeiro mês de vida.

o quarto trimestre joana martins

Contudo, pode dar-se o caso de querer mesmo fazer uma visita, ou de ser convidado pelos próprios pais. Se assim for, tenha em mente estas 10 dicas.

1. Priorize o bebé e a mãe

Primeiramente, assegure-se que a visita fica marcada para uma hora conveniente para a família do recém-nascido. Assim que lá chegar, dê atenção ao bebé e à mãe, converse sobre eles e não sobre os seus problemas, agora não é a altura ideal para se focar noutros assuntos. Para além disso, tenha em mente que os pais andam cansados, tente dar-lhes o mínimo de trabalho possível.

2. Respeite os horários da família e não se ofenda

A mãe pode estar cansada e não querer receber visitas à hora que é mais conveniente para si. Se por acaso, propuser uma hora e a mãe lhe der uma resposta negativa, mostre compreensão e não se ofenda.

3. Não apareça de surpresa

Ligue sempre antes de fazer uma visita. Mesmo que já tenha a visita combinada com a família, antes de aparecer ligue à mãe para confirmar se se mantém de pé e pergunte-lhe se precisa de alguma coisa.

4. Atenção às doenças

Se estiver com sintomas de qualquer doença, ou se tiver tido contacto com alguém doente não faça visitas. Para além disso, não leve crianças para conhecer o bebé uma vez que estas são “facilmente colonizadas por micro-organismos infeciosos e podem não ter quaisquer sintomas”. Outra regra de ouro a ter sempre em mente é que deve lavar sempre as mãos assim que entrar em casa da família e nunca beijar o bebé.

5. Ofereça comida

Um gesto que fica sempre bem é levar algo para os pais comerem quando faz uma visita. Numa fase tão inicial da vida do bebé, esta ação é mais importante do que oferecer, por exemplo, brinquedos para a criança.

6. Mostre-se disponível para ajudar

Mostrar disponibilidade para ficar com o bebé é uma atitude muito valorizada pelas mães. Muitas vezes acabam por se privar de fazer coisas por si e oferecer-se para vigiar o recém-nascido enquanto ela vai fazer algo tão simples como tomar um banho pode ser uma grande ajuda. Se reparar que há tarefas domésticas por fazer, em vez de o mencionar, pergunte à mãe se há alguma coisa que a esteja a incomodar e que possa ajudar a resolver. Proponha-se a fazê-las, algo tão simples como estender uma máquina de roupa ou passear o cão pode fazer uma grande diferença.

7. Evite fazer perguntas delicadas

Perguntas em relação à amamentação, ao sono do bebé ou ao parto podem ser questões sensíveis para uma mãe. Prefira perguntar se o bebé come bem, se a mãe precisa de descansar e dê-lhe abertura para falar consigo do que quiser, em vez de ser você a puxar o assunto.

8. Não faça comentários sobre a casa ou o corpo da mãe

Num momento de tanta agitação, como o primeiro mês de vida de um bebé, é normal que a casa não esteja impecável e que a mãe não pareça tão cuidada. Se esse for o caso, não o mencione, em momento algum.

9. Não dê opiniões indesejadas

Os pais têm o direito de criar o filho como quiserem. Mesmo que a sua experiência não tenha sido semelhante tem de ter em mente que decisões como a amamentação ou coisas simples como que se usam fraldas descartáveis ou recicláveis, cabem sempre aos pais. Respeite e não questione, se não estiver familiarizado pergunte como funciona e se o bebé se está a adaptar bem.

10. Saiba quando sair e evite as horas das refeições

Nos primeiros tempos, opte por visitas mais curtas. Não se alongue até à hora da refeição, pode ser stressante para a mãe pensar que tem de cozinhar para mais uma pessoa. Na hora de sair, ofereça-se para voltar dentro de umas semanas e não pressione a mãe para ver o bebé diariamente, isso pode atrapalhar mais do que pensa.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.