Associamos muitas vezes as leggings ao ginásio ou ao outfit que completamos com uma T-Shirt larga e um aspirador na mão quando é dia de limpezas em casa, mas nem todas são feitas para estes propósitos. Pelo menos as Forlegs foram pensadas para usar da rua, umas vezes com ténis, outras com salto alto, mas sempre com conforto.

"Essa calça combina com tudo, tem várias cores, e o modelo dela é gostoso porque é de cintura subida, como vocês dizem, e é uma calça que não marca a barriga, não tem transparência", logo, sem mostrar a principal inimiga das leggings: a celulite. "Elas adaptam-se muito bem a pessoas grandes", afirma Andrea Almeida, de 39 anos, publicitária e representante da marca Forlegs em Portugal. Já deve ter percebido — só pelo "gostoso" — que Andrea é brasileira, país de onde veio este projeto em outubro, embora a loja online esteja disponível apenas há quatro meses. "É uma marca de leggings que existe desde 2012 no Brasil e a dona, uma amiga minha, quis expandir para a Europa e precisava de uma pessoa aqui em Portugal. Então associei-me a ela", conta Andrea.

Apesar de criadas no Brasil, estas leggings parece que já foram feitas para a mulher portuguesa. "Essa calça, o que a distingue, é que tem 85% de poliamida, um tecido muito parecido com a lingerie, super fino e que ao mesmo tempo agarra bem ao corpo da mulher, e eu percebi que o estilo de vida das portuguesas, tal como no Brasil, é muito despojado [simples]. Não ligam muito a 'ai vou jantar fora e não posso levar leggings", diz a responsável da marca em Portugal.

A primeira linha de jóias de Georgina Rodríguez é uma homenagem às mulheres
A primeira linha de jóias de Georgina Rodríguez é uma homenagem às mulheres
Ver artigo

As peças da Forlegs Portugal são, por isso, uma peça confortável para várias ocasiões: para ir para o trabalho, para ir jantar fora, para ir ao ginásio, para calçar com uns ténis, uns saltos altos, uns chinelos, para combinar com um blazer ou uma T-shirt. "É uma roupa multiuso, que fica elegante" e dá para todos os momentos, continua Andrea.

As leggings coloridas da marca são também multiestação, não só pela diversidade de looks que completam, como pelas características do material. "É um tecido que absorve bem o suor, dá aquela sensação de geladinho", explica a responsável da Forlegs em Portugal. Ainda assim, quando for altura de lavar, não são uma dor de cabeça. Aliás, as Forlegs são as melhores amigas de quem trata da roupa em casa. "É uma calça que você põe na máquina de lavar e pronto. Ela seca praticamente sozinha, não precisa de passar, não amassa", diz Andrea.

As portuguesas até vestem umas leggings para ir beber um copo de vinho num restaurante com ementa de chef, mas são mais reticentes quanto aos padrões (uma minoria na coleção da marca). "As lisas, sejam as claras, as escuras, são as que saem mais. Qualquer cor. Desde o laranja até ao azul escuro, o preto", revela Andrea Almeida sobre as preferências por cá.

O preto, o azul marinho e o grafite fazem sempre parte da coleção, mas a cada estação há novos tons. O laranja é um dos que se destaca no verão, bem como os nudes e outras cores prestes a chegar a Portugal e ao site. As leggings custam desde 70€ (e encontra algumas em promoção a 63€). Todos os modelos dão para mulheres do XS ao L, sendo que o L dá também para quem veste número acima devido à flexibilidade do tecido.

As peças da Forlegs Portugal estão à venda na BeWe, concept store em Cascais, na loja onlineInstagram.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.