Quando um casal toma a decisão de ter um filho, parece que o tempo começa a passar mais devagar. De repente, tudo aquilo que eles querem é ver o teste de gravidez a dar positivo. Às vezes é rápido, outra vezes demora muito mais tempo do que seria desejado. Infelizmente não há uma fórmula certa, no entanto a alimentação pode mesmo dar uma ajuda.

A conclusão é de um trabalho realizado pela universidade de Harvard, que foi revisto, atualizado e publicado em abril no American Journal of Obstetrics & Gynecology. Embora os autores da investigação garantam que não existem receitas mágicas, existe de facto uma correlação entre certos alimentos e uma menor frequência de infertilidade. O que ingerimos também pode ajudar no sucesso de tratamentos como a fertilização in vitro.

Quando a alimentação determina a possibilidade de se ser mãe
Quando a alimentação determina a possibilidade de se ser mãe
Ver artigo

Alimentos que são bons para a fertilidade

— Peixes gordos (atum, salmão)
— Nozes
— Grãos de soja
— Óleo de peixe
— Marisco
— Aves
— Cereais integrais
— Frutas e vegetais

Estes alimentos estão relacionados com um aumento da fertilidade da mulher e da qualidade do sémen do homem. Os investigadores também destacam que um suplemento de ácido fólico pode ajudar a prevenir defeitos no tubo neural (defeitos congénitos no cérebro, coluna vertebral e medula espinhal).

Alimentos que são maus para a fertilidade

— Queijo
— Gemas de ovo
— Cereais fortificados com vitamina D (a não ser que tenha um défice de vitamina D)
— Suplementos antioxidantes

Os investigadores adiantaram ainda que alimentos que antes eram considerados maus para a fertilidade, como os laticínios e soja, neste momento estão no limbo — não há como assegurar que estejam relacionados com problemas de fertilidade. O mesmo acontece com o álcool e a cafeína.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.