O espectro de preços dos produtos da Apple pode estar prestes a mudar. Pelo menos, é isso que diz a Bloomberg, que fala num novo iPhone, com um design semelhante ao iPhone SE 2020, mas com novas ferramentas capazes de otimizar a prestação do telemóvel: como conectividade 5G e até um processador A15 Bionic, já presente no iPhone 13. Mas as novidades não ficam por aqui e, da Apple, pode esperar muito mais do que um telemóvel mais económico.

O primeiro evento da Apple deste ano acontece já esta terça-feira, 8 de março, dia em que o público vai conhecer as novas apostas da marca para 2022. Vem aí chips mais rápidos, mais dispositivos com conectividade 5G e câmaras mais potentes? A resposta, até às 18 horas, só pode ser uma: talvez.

Bloqueios e restrições. Da Apple à Disney, estas empresas tentam demarcar-se da Rússia
Bloqueios e restrições. Da Apple à Disney, estas empresas tentam demarcar-se da Rússia
Ver artigo

Isto porque o evento virtual da Apple, com o rótulo "pico de desempenho", só será transmitido em direto no website da marca, no YouTube e noutras redes sociais a partir das 18h00 (hora de Portugal) desta terça-feira, 8. Até lá, como sempre, a Apple continua sem comentar quaisquer especulações, mas o que é certo é que a história já nos ensinou que os rumores que antecedem este tipo de eventos não costumam falhar por muito.

Afinal, que iPhone mais barato é este?

Tudo indica que se trata de um iPhone cujo design é muito semelhante ao modelo SE 2020, mas cuja performance é bastante superior. Espera-se que a nova versão já conte com um processador A15 Bionic da Apple, supostamente bem mais rápido do que o anterior, com uma câmara atualizada capaz de gravar vídeo 4K e, ainda, capacidade 5G — sendo este último, ao que a CNN Portugal conseguiu apurar, o fator maior atrativo para os clientes, já que lhes dá assim acesso à rede sem fios mais rápida por uma gama de preços mais económica.

"Ainda não vimos uma procura avassaladora por ele nos nossos inquéritos de consumo sobre smartphones", disse Anthony Scarsella, analista na empresa de estudos de mercado IDC, em declarações citadas pela mesma publicação. "O que acontece é que a maioria dos novos dispositivos que entra no mercado tem capacidades 5G; o esforço é mais do lado da oferta", lê-se.

E, sim, já há preços à vista: ainda sem confirmação oficial da marca, Anthony Scarsella acredita que o preço previsto para esta nova versão será de 399 dólares (cerca de 367 euros). Isto, no caso, com a ressalva de que, em Portugal, o modelo SE começa nos 499 euros.

E por falar em 5G, pode mesmo estar a chegar um novo iPad Air 5G. Segundo avança a CNN Portugal,  este novo modelo do iPad Air também deve contar com o mesmo processador A15 do (alegado) novo iPhone SE, juntamente com a opção de conectividade 5G e, ainda, uma nova câmara frontal — cuja qualidade ainda não é conhecida.

Tudo indica que a grande aposta será nos novos Macs

Nos portáteis, segundo a "Eco", é possível que também um novo MacBook Air com processador M2 veja a luz do dia, neste caso completamente redesenhado, já que o design do equipamento não é atualizado desde 2018. 

Neste sentido, os rumores avançam que a Apple vai mesmo exibir novas versões do seu MacBook Pro de 13 polegadas, do Mac mini e do Mac de 24 polegadas — todas elas com chip de silicone M2, de acordo com um relatório recente da Bloomberg.

Por fim, recorde-se de que, em 2021, a Apple revelou também o AirTag, um localizador Bluetooth que se fixa a artigos como chaves, carteiras, portáteis ou até ao nosso carro para ajudar a encontrá-los — revelação que foi dada como uma autêntica surpresa, mesmo para sites como a Bloomberg, que raramente falham previsões deste teor. Portanto, é possível que as novidades da Apple não fiquem por aqui.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.