A segunda gala do “Big Brother – A Revolução” decorreu este domingo, 20 de setembro, e ficou marcada pela primeira expulsão. Rúben Alves, de 26 anos, foi recebido por Ana Garcia Martins, A Pipoca Mais Doce, que apresentou a "A Hora do Expulso", um programa que acontece imediatamente a seguir à gala e que serve para receber o concorrente escolhido para sair da casa.

"Foi uma das melhores experiências que já tive. Muito curta, não esperava sair, mas respeito a opinião do público", disse Rúben à apresentadora Ana Garcia Martins. "Não me fizeram a folha. Se calhar não tive o tempo de que precisava", acrescenta, dando como exemplo o facto de não ter tido oportunidade para mostrar os seus "dotes musicais".

Questionado por Ana Garcia Martins sobre quem acha que deveria ter saído, Rúben fala sem rodeios: "Acho que uma pessoa que não tinha muito para dar seria a Diana. Posso estar enganado", disse.

Ana Garcia Martins: "Se a minha carreira televisiva acabar pós-Big Brother, já fico felicíssima com aquilo que aconteceu"
Ana Garcia Martins: "Se a minha carreira televisiva acabar pós-Big Brother, já fico felicíssima com aquilo que aconteceu"
Ver artigo

Esta foi uma gala de estreias, já que além do primeiro concorrente expulso, foi também a primeira vez que Ana Garcia Martins fez o rescaldo após a gala conduzida por Teresa Guilherme. Consigo n'"A Hora do Expulso" esteve Marta Cardoso e Pedro Crispim, o "rei da bobagem", como lhe chama.

Marta Cardoso, uma das comentadores da "Hora do Expulso", admitiu que Rúben era uma das suas apostas para a expulsão da gala deste domingo, 20, e que o facto de o concorrente ter ficado "à espera das oportunidades" durante o jogo não esteve a seu favor.

Antes do concorrente expulso chegar, foi ainda ouvido Rui, nomeado esta semana pelos infiltrados, que se referiu à nomeação como "ridículo". "Primeiro, tenho a certeza absoluta que foi completamente incitado por alguém", disse Rui, referindo-se ao facto de os concorrentes infiltrados não o conhecerem.

Quando à estratégia que vai adotar em diante, o modelo e empresário diz que "não sabe, ainda não decidiu", dando a entender que poderá desistir, uma vez que sente que está a ser passada uma mensagem daquilo que não é, "arrogante, menos positivo", refere.

Rui revela ainda estar descontente com a postura da apresentadora do "Big Brother - A Revolução": "Acho ridículo, por exemplo, a Teresa Guilherme dizer que estavam na dúvida entre a Diana e não sei o quê, ainda não tinham decidido, e a Teresa diz 'então fica a primeira'. Mas estamos a jogar, a fazer um programa a sério...?", questiona em conversa com o "Big Brother" no confessionário.

Apesar do novo papel de Ana Garcia Martins aos domingos, a apresentadora mantém-se também como comentadora do reality show, tal como começou o seu percurso no "BB2020", no qual passou a ser conhecida e designada como "rainha" devido às intervenções assertivas sobre os concorrentes.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.