Quem quiser partilhar conta da Netflix com pessoas que não morem na mesma casa só tem uma opção a partir de agora: pagar mais. A plataforma de streaming anunciou esta quarta-feira, 8, novas regras, que visam não proibir mas dificultar a partilha de contas entre pessoas que não vivam sob o mesmo teto. A medida, que já estava a ser testada na América Latina, chega agora a Portugal, Canadá, Nova Zelândia e Espanha.

Não encontra nada de jeito na Netflix? Há códigos secretos para a aceder a conteúdos escondidos
Não encontra nada de jeito na Netflix? Há códigos secretos para a aceder a conteúdos escondidos
Ver artigo

"Hoje, mais de 100 milhões de residências partilham contas — o que impacta a nossa capacidade de investir em séries e filmes de grande qualidade", anunciou a Netflix esta quarta-feira, 8 de fevereiro. A empresa não explicita o que é que acontece se os utilizadores partilharem contas sem viverem na mesma residência mas estabelece as novas regras.

O que vai mudar?

  • Os utilizadores vão ter de configurar a localização principal. "Vamos ajudar os membros a fazer esta configuração, para garantir que todas as pessoas que vivem na sua residência podem usar a sua conta Netflix", explica a plataforma. "Os membros podem agora facilmente gerir quem tem acesso à sua conta a partir da nova página 'Gerir acessos e dispositivos'".
  • Transferir perfis entre contas: "as pessoas que usam uma conta podem agora facilmente transferir um perfil para uma nova conta, cuja adesão seja paga por elas, mantendo as respetivas recomendações personalizadas, o histórico de visualização, A Minha Lista, os jogos guardados, e muito mais".
  • Continua a ser possível utilizar a conta para ver Netflix em viagem: "os membros podem continuar a ver a Netflix nos seus dispositivos pessoais ou iniciar sessão num novo televisor, por exemplo, num quarto de hotel ou numa casa de férias".
  • Opção de membro adicional: Os membros com um plano Standard ou Premium podem adicionar contas secundárias de membro adicional, para até duas pessoas fora da sua residência, cada uma com o seu próprio perfil, recomendações personalizadas, dados de início de sessão e palavra-passe, por um custo adicional mensal de 3,99 € por pessoa (em Portugal).
O plano standard custa atualmente 11,99€ (permite a utilização em dois ecrãs em simultâneo) e o plano premium, que permite a utilização em quatro ecrãs ao mesmo tempo e é o único que permite visionamento em resolução 4K + HDR, custa 13,99€.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.