Mais uma ronda, mais um desfecho no reality show da TVI, "O Amor Acontece". Neste domingo, 15 de agosto, os quatro casais distribuídos pela casa do campo, casa da serra, moinho e casa da praia, reuniram-se com os anfitriões Pedro Teixeira e Maria Cerqueira Gomes para revelar a decisão final: dar ou não uma oportunidade ao amor?

"O Amor Acontece". Metade sim, metade não: quem deu a oportunidade ao amor esta semana
"O Amor Acontece". Metade sim, metade não: quem deu a oportunidade ao amor esta semana
Ver artigo

Ao longo da semana, os portugueses tiveram a oportunidade de acompanhar os melhores e piores momentos dos casais — desde o beijo de Jorge e Tatiana até às discussões entre Delfina e João. Nem todos os pares se mostraram compatíveis, o que fez com que nem todos tivessem um final feliz.

Ana Santos e Miguel Simões

A concorrente de São João da Madeira começou por confessar que conseguiu ser feliz durante a experiência. "Fez-me sentir bem porque ele estava sempre a chamar-me à atenção", afirmou Ana acerca de Miguel.

No momento que Miguel descreveu a Ana, o concorrente sabia bem o que apontar. "A Ana realmente é uma pessoa muito insegura, relativamente a ela enquanto mulher. Há um valor que ela tem e que ela própria precisa de descobrir", comentou o concorrente de Vila Nova de Famalicão.

Apesar de terem vivido uma boa experiência, Ana e Miguel decidiram ficar pela amizade. "Eu não estou apaixonada, mas vejo-o como um amigo", garantiu a concorrente.

Ana e Miguel

Davide Cordeiro e Cátia Marques

Desde o início que Cátia teve receio que Davide desistisse a qualquer momento e, o concorrente de Castelo Branco admitiu que teve algumas dúvidas. "Eu andei ali um bocado balançado. Todas as respostas que eu dei, dei sempre com certeza", disse Davide.

Ao longo da experiência, Cátia foi percebendo as fragilidades do parceiro e tentou puxar por ele ao máximo. Desde o primeiro momento que a conexão entre o casal foi visível e ambos mostraram vontade em conhecerem-se melhor após o programa.

"O amor começou a acontecer e vai continuar a acontecer", confessou Cátia. A conversa terminou com um beijo entre o casal.

Davide e Cátia

Delfina Silva e João Nogueira

O amor entre Delfina e João esteve longe de acontecer. A concorrente começou por afirmar que João não faz o seu género e não o poupou a duras críticas. "Eu sou uma pessoa que tem objetivos e, procuro uma pessoa que tenha também objetivos. Ele disse que estava desempregado, tudo bem", comentou Delfina.

João não conseguiu esconder o seu desagrado. "Neste momento estar desempregado é uma opção minha. Não tem nada que ver, se calhar já tenho mais coisas que ela", defendeu o concorrente.

Na hora da decisão, cada um seguiu o seu caminho de costas voltadas.

Delfina e João

Jorge Ribeiro e Tatiana Ribeiro

Desde o primeiro momento que a conexão entre Jorge e Tatiana foi evidente e, até deram um avanço na relação — o primeiro beijo. O primeiro tema da conversa foi a amizade entre a Delfina e o Jorge, ao qual a concorrente do Seixal reagiu muito bem. "É uma amizade realmente verdadeira e sincera", comentou Tatiana.

O concorrente de Paços de Ferreira foi confrontado com a questão da experiência ter sido vivida a três, do qual, respondeu sem qualquer problema. "De facto, a Delfina esteve presente na experiência, mas acho que foi uma experiência a dois", disse Jorge.

O casal anunciou que também vão dar uma oportunidade ao amor e, ver o que o futuro lhes reserva. "Eu quero, daqui para a frente, continuar a ser feliz como fui durante esta semana", confessou o participante.

Jorge e Tatiana

Os novos concorrentes

Já são conhecidos os casais que vão ocupar a casa do campo, a casa da serra, a casa da praia e o moinho na sétima ronda. E, ainda esta semana surgiu uma grande novidade no programa — um dos casais é homossexual.

CASA DA PRAIA

Cristina, 53 anos

Cristina vem de Tercena, vive com a sua filha e sobrinha. Trabalha há 33 anos como administrativa n’Os Belenenses. É a mais nova de quatro irmãs e é uma mulher com valores e formação "à moda antiga". Acredita que está na hora de ser feliz e de encontrar um companheiro carinhoso.

Cristina

Francisco, 68 anos

Descreve-se como um homem bem-disposto e conversador. É reformado e vive em Torres Vedras. Passava os seus dias em viagens, de norte a sul do país, uma vez que era diretor comercial. Admite que não tem paciência para pessoas chatas e possessivas, mas se for uma mulher bonita, culta e paciente, tem tudo para dar certo.

Francisco

MOINHO

Paulo, 23 anos

Paulo vem de Gondomar, descreve-se como um jovem simples e frontal. É feirante com orgulho, sempre ajudou os pais a vender em feiras e quando começou a pandemia, arranjou forma de pôr o negócio online. Chegou a sofrer de bullying por ser homossexual e só se assumiu à família aos 18 anos. Procura um companheiro divertido e fiel para o seu futuro.

Paulo

Diogo, 25 anos

Trabalha como rececionista de hotel e vem de Guimarães. É vegetariano, adora cozinhar para os seus amigos e considera-se discreto, romântico sociável. Deseja encontrar um homem tranquilo, positivo, alegre, bem resolvido e que não seja ciumento.

Diogo

CASA DA SERRA

Tamila, 33 anos

Vive em Almada com os pais e o filho de 6 anos, estudou marketing de moda em Inglaterra e quando regressou a Portugal, trabalhou uns tempos como hospedeira de bordo, até conseguir desenvolver o seu projeto de raiz. Criou uma marca de roupa com venda online, a Kniit Concept. Os seus hobbys favoritos passam por correr todas as manhãs, praticar ioga, ouvir música e ler romances.

Tamila

Ricardo, 35 anos

Ricardo vem da Amora e conjuga o seu trabalho de Fisioterapeuta com o de Terapeuta Holístico. Esteve dez anos na carreira de militar na Marinha, trabalhou como barman no Casino de Lisboa e em alguns bares da capital. Aderiu ao veganismo e passou a dedicar a vida a ajudar positivamente as pessoas. Deseja encontrar uma mulher com boa energia, aventureira e honesta.

Ricardo

CASA DO CAMPO

Raquel, 29 anos

A concorrente de Sobral de Monte Agraço tem um negócio de refeições vegan com a mãe e estão a lançar-se no mercado. Considera-se uma pessoa ativa, bem-disposta e está sempre na brincadeira. Costuma dormir poucas horas, adora sair para dançar e pratica crossfit diariamente. Sonha encontrar um homem moreno, honesto e com boa energia.

Raquel

José, 28 anos

É barman e vem de Oliveira de Azeméis. Nasceu numa família humilde, tem três irmãos mais velhos e dois mais novos. Desde pequeno que tem o objetivo de ajudar os pais e aos 16 anos começou a trabalhar como barman. Nos tempos livres, trabalha como DJ. Considera-se um bom rapaz, mas sabe que tem fama de playboy.

José

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.