"Refrescante", "surpreendente" e importante para quem participou no programa. É assim que Daniel Oliveira descreve "Quem Quer Namorar Com o Agricultor", uma produção da Fremantle Media, que regressa já este domingo, 30 de maio, à grelha de programação da SIC, no mesmo dia em que termina "Hell's Kitchen".

Na conferência de imprensa que decorreu esta terça-feira, 25, no Monsantos Open Air, em Lisboa, o formato foi apresentado pelo diretor-geral da estação, por Frederico Almeida, CEO da Fremantle, e por Andreia Rodrigues que, tal como nas temporadas anteriores, será o rosto principal do programa e a responsável pela sua condução.

"É um formato que mostra o País", começa por dizer Daniel Oliveira, referindo-se a um Portugal que, apesar do contexto pandémico, continua a desconfinar. Este detalhe, segundo explica, é especialmente importante porque o desconfinamento fez com que esta nova edição tenha tido o maior número de inscrições em comparação com as outras temporadas.

"Quem Quer Namorar Com o Agricultor?" Os confrontos e os melhores momentos
"Quem Quer Namorar Com o Agricultor?" Os confrontos e os melhores momentos
Ver artigo

"O volume de inscrições, quer de agricultores, quer de pretendentes, de facto mostra que as pessoas saíram — saímos todos — de uma experiência traumática e este programa traz essa leveza, esse País, esse horizonte que acreditamos que muitos vão querer ver e sentir", continua. Os elogios dirige-os à Fremantle que teve a capacidade de "fazer um programa tão mais vivo do que na primeira edição".

"Queremos que quem ligue a SIC, apanhe o formato a dar"

"A frescura, a leveza, o trabalho de realização, de produção e de edição é absolutamente notável". O resultado, diz Daniel Oliveira, vai preencher toda a antena da SIC. "Vai ter edições semanais, edições especiais, edições compactas", e ainda vai aparecer em outros programas do canal, como o "Casa Feliz" ou o "Domingão".

O objetivo é simples: "Queremos que quem ligue a SIC, apanhe o formato a dar", diz Oliveira, confiante num programa que apesar de já ir para a quarta temporada, "será capaz de surpreender quem o vir". "Teremos histórias surpreendentes que nos vão apaixonar e que, nesta fase, são muito importantes porque trazem de volta a vida tal como a conhecíamos antes da pandemia", refere.

O volume acrescido de candidaturas levou a que o canal acrescentasse, ao formato, mais uma quinta. "Temos mais uma quinta em comparação com as edições passadas e continuamos a ter o mesmo tom alegre, divertido, romântico, até para perceber que impacto teve a pandemia — quer nos agricultores, quer nos pretendentes".

Mais uma quinta e os abraços que voltam a ser possíveis

Andreia Rodrigues diz que esse impacto é verdadeiramente evidente porque, a partir do momento em que entraram para o programa, "o amor e os abraços voltaram a ser possíveis".

"Princípio, Meio e Fim". O novo programa de Bruno Nogueira tirou-nos o tapete — e nós gostámos
"Princípio, Meio e Fim". O novo programa de Bruno Nogueira tirou-nos o tapete — e nós gostámos
Ver artigo

"Em comparação com as edições anteriores, não há um pingo de entusiasmo a menos [da sua parte]. Isto só acontece porque estamos a falar de protagonistas, de novas histórias. E esse entusiasmo está latente em toda a equipa: dos produtores aos participantes, porque eles aqui começam uma aventura, mas também um projeto de vida", diz Andreia Rodrigues.

E continua: "Tendo em conta os tempos pandémicos que vivemos, o 'Agricultor' acaba por ser uma libertação, mais do que nas outras edições, porque as emoções, os abraços e as relações, que ficaram suspensas, voltam a ter lugar. E este programa traz isso novamente". Sobre o que esperar, a apresentadora promete "amor, humor e um carrossel de emoções" porque, "tal como a vida, é isso que o programa é".

A inclusão de uma nova quinta, tal como anunciado durante a conferência de imprensa, fez com que Andreia Rodrigues tivesse de percorrer quase três mil quilómetros por semana, aquilo que, segundo Frederico Almeida, CEO da produtora Fremantle, equivale "a ir e vir de Barcelona cerca de duas vezes por semana".

Apesar do desgaste físico, a apresentadora diz "é muito feliz a apresentar o formato".

Daniel Oliveira desvaloriza a pressão das audiências

E ainda que esta seja a próxima grande aposta da SIC para o verão, Daniel Oliveira desvaloriza as comparações com a concorrência e mostra-se confiante com a regularidade que "Quem Quer Namorar Com o Agricultor" assegurará na SIC.

"Há uma regularidade que queremos manter para garantir que os espectadores o veem, mas nunca nos preocupando ou comparando com formatos que não são nossos", numa altura em que a TVI se prepara para lançar o seu novo reality show, com quem a SIC concorrerá pelas audiências.

"Estamos preocupados em fazer aquilo que queremos, não nos preocupando com o que não podemos controlar", referindo-se às audiências, mas a aposta é tal que a esperança é que o formato vingue.

A quarta temporada de "Quem Quer Namorar Com o Agricultor" será a nova grande aposta da SIC que visa substituir "Hell's Kitchen", o formato liderado por Ljubomir Stanisic, cuja primeira temporada chega ao fim no domingo, 30, e que terá a participação de alguns atores de "Patrões Fora".

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.