Para António, "as pessoas fazem-se de burras, quando lhes convém", na casa do "Big Brother". Depois da gala de domingo, 12 de dezembro, o lisboeta mostrou-se indignado com as escolhas de Ana Barbosa em relação aos nomeados — isto porque, esta semana, cada jogador elegeu um ex-concorrente para fazer uma nomeação em seu nome.

Joana garante que confia em Ricardo, mas revela "choque" ao saber de dança em clima íntimo
Joana garante que confia em Ricardo, mas revela "choque" ao saber de dança em clima íntimo
Ver artigo

A emigrante escolheu João Ligeiro e, segundo justificou, estava confiante de que este não escolheria uma pessoa que lhe fosse próxima, mas saiu-lhe o tiro pela culatra e António foi nomeado. "Tu vês o João a nomear a Débora?", interrogou Bruno (consciente da proximidade entre João e Débora), enquanto presenciava a troca de argumentos entre a concorrente e António, no rescaldo da gala.

No confessionário, questionada pelo soberano, Ana Barbosa acabou por assumir ingenuidade ao selecionar João para fazer uma nomeação em seu nome, mas ressalvou que António teria feito algo semelhante, ao escolher Felicidade que, certamente, nomearia a sua companheira mais próxima, Rita — o que, de facto, aconteceu. "Acho que [Ana Barbosa] teve um quê de deslealdade comigo, até. Era claro que ele [João] me ia nomear", afirmou o lisboeta, em conversa com Rita.

As imagens foram transmitidas no diário do "Big Brother". Para A Pipoca Mais Doce, António "estava super bem encaminhado para ser um dos finalistas e, quiçá, o vencedor", mas o seu "estado de graça" terminou no programa. "A Ana Barbosa, por ter tomado uma atitude no jogo que não está de acordo com aquilo que o António acha que o favorecia mais no jogo, de repente é burra e diz que 'pelos vistos eu sou o menos burro cá da casa, sou mais esperto que todos, percebo que só estou a lidar com burros' com uma arrogância e com uma petulância."

A comentadora lamentou que o concorrente se esteja "a desviar do seu bom propósito": ser o vencedor desta edição. "Cada vez que ele diz uma coisa destas é uma facada no meu coração, porque eu adorava o António". Ana Garcia Martins ressalvou, ainda que todos, inclusivamente António, estão a ser "burros" por quererem nomear Débora — o que, na sua opinião corresponde a "um voto nulo", dado que "já se percebeu que não vai sair" da casa da Malveira.

António insulta Ana Barbosa (nas costas) e ameaça desistir

O clima de tensão começou no após a gala mas foi tema de conversa entre António, Rita e Bruno durante o dia de segunda-feira. "Estava tão enervado que chamei filha da puta à Ana Barbosa", confidenciou o lisboeta ao arquiteto, deixando-o surpreendido.

Ao final da tarde de segunda-feira, 13, foi, ainda, transmitido um "BB Play", protagonizado por Ana Barbosa, que recordou momentos em que Bruno e António fizeram barulho e impediram a emigrante de dormir — imagens que conduziram, novamente, a uma troca de argumentos.

"Estou a um ponto de ir passar o Natal a casa", ameaçou António, na caravana. "Fecha lá a porta, não estou para ter esta sonsa de merda a olhar para aqui", pediu a Rita, referindo-se a Ana Barbosa, que estava dentro da casa do "Big Brother", no sofá da sala. "Esta casa está-se a tornar numa casa tão de falsidade", afirmava Rita. Em tom de brincadeira, António e Bruno criticaram os vestidos da emigrante e o lisboeta garantiu, mesmo, que estes "vêm diretamente da montra" de lojas chinesas. 

Apesar de manifestar a Rui Pinheiro que estava "super calma", a emigrante contou que não entendia "o grande problema" e, mais tarde, desabou em lágrimas de desespero. "Isto está uma merda", repetiu, em choro, no confessionário. "Já estou farta disto. (...) Não gosto nada de passar a imagem da coitada. Estou ali, engulo, engulo, engulo para não chorar, depois não aguento mais."

As imagens passaram no "BB Extra" e os comentadores não pouparam nas críticas a António. Para Helena Isabel, "já teve tudo para ser um concorrente completo", mas é "aquela pessoa que é capaz de passar de bestial a besta" e que "faz parte daqueles 'queques', daquela gente que não se aguenta."

Zé Lopes considera que "ele não sabe até que ponto está a ser desagradável com os colegas na casa". Já Flávio Furtado, alertou para o facto de a família do lisboeta não ter concordado com a sua participação no reality show: "sendo um privilegiado [no respeita à educação], não iria ser bem compreendido. Agora, há ali um laivozinho de mana maldosa... (...) Os portugueses não gostam deste tipo de pessoas."

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.