Hélder, Joana e Rui Pedro foram autorizados pela produção do "Big Brother - Duplo Impacto" a saírem da casa para exercerem o seu direito de voto antecipado. Os três concorrentes votaram na Câmara Municipal de Mafra (município ao qual pertence a vila da Ericeira) este domingo, 17 de janeiro, e foram os primeiros cidadãos a exercer esse direito naquele espaço. Conheça aqui os pormenores e os cuidados sanitários que lhes foram exigidos devido ao contexto de pandemia.

Em entrevista, via Zoom, Rui Pedro, o último concorrente expulso do reality show da TVI, explicou todo o processo desde o momento em que abandonaram a casa da Ericeira até ao momento em que colocaram o 'X' no boletim de voto para eleger o presidente da República.

O empresário de Oliveira do Hospital começou por referir que acordaram às 6h00 de modo a serem os primeiros a entrar na Câmara Municipal, pelas 8h00. "Fomos votar em mesas de voto diferentes e tivemos de andar juntos a pedido do responsável que nos levou", afirmou, explicando que apesar de os três votarem em secções diferentes, deslocarem-se juntos foi uma das medidas para garantir a segurança.

Além disso, foram ainda vestidos com um fato completo para garantir que não corriam qualquer risco de infeção pela COVID-19. "Tivemos em conta todos os cuidados exigidos pela DGS. Só se viam os olhos, tínhamos luvas e fato completo. Ficámos praticamente irreconhecíveis. Tiro o meu chapéu à produção", frisou o modelo.

Rui Pedro lança farpas a Savate. "É um provocador barato e há outros métodos de causar impacto"
Rui Pedro lança farpas a Savate. "É um provocador barato e há outros métodos de causar impacto"
Ver artigo

Quanto aos restantes colegas do "Big Brother", Rui Pedro garantiu que a produção também os avisou que poderiam manifestar o seu direito de voto. "É um direito cívico e todos nós temos de o fazer. Gosto de participar em todas as eleições e sei que os outros colegas não o quiseram fazer, apesar de ser transmitido pela produção que tínhamos esse direito", referiu. Os restantes concorrentes deverão fazer parte da abstenção, pelo que muitos se encontram deslocados das suas zonas de residência.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.