No dia em que se celebram os 25 anos de "O Rei Leão", 19 de julho, o filme que nos trouxe "Hakuna Matata" regressa ao cinema para um remake, de Jon Favreau. A expectativa é mais do que muita, ou não fosse este um dos filmes que mais marcaram a nossa infância. Antes disso é a vez de "Aladino" ganhar um remake live-action. Depois, temos "Once Upon a Time in Hollywood", o nono (e supostamente penúltimo) filme de Quentin Tarantino.

O que é que estes filmes têm em comum, além de serem algumas das estreias mais aguardadas de 2019? Passam-se todos em cenários incríveis que inspiram viagens perfeitas para fazer no próximo ano. "Aladino" é a desculpa perfeita para visitar a Jordânia — o reino fictício de Agrabah não existe, mas o filme foi rodado em Wadi Rum, também conhecido pelo nome O Vale da Lua. Já a pesquisa para o filme original de "O Rei Leão" foi feita no Hell's Gate National Park, no Quénia.

5 filmes imperdíveis em 2019, 5 viagens que vão mudar a sua vida. Contamos-lhe tudo a seguir.

"Aladino": Wadi Rum, Jordânia

O remake live-action do clássico da Disney chega a 24 de maio e vai contar com Mena Massoud (“Masters in Crime”) e Naomi Scott (“Terra Nova”) nos papéis principais. A realização é assumida por Guy Ritchie (“Snatch — Porcos e Diamantes”). Parece-nos a desculpa perfeita para visitar a Jordânia — o reino fictício de Agrabah não existe, mas o filme foi rodado em Wadi Rum, também conhecido como O Vale da Lua.

Wadi Rum tem uma paisagem impressionante

Montanhas de arenito e basalto, desfiladeiros, formações rochosas impressionantes — como Burdah Rock Bridge, um dos arcos naturais mais altos da região — são alguns dos elementos que compõem a paisagem. Para as datas de 2 para 7 de março, há voos de ida e volta a ligar Lisboa e Amã a partir de 288€. Wadi Rum fica a 319 quilómetros de Amã. Não existem transportes diretos a ligar os dois locais, mas agentes de viagens como a Jett ou a Trust fazem o percurso.

"Once Upon a Time in Hollywood": Los Angeles, EUA

O nono e supostamente penúltimo filme de Quentin Tarantino chega a Portugal a 8 de agosto e tem um elenco invejável — Brad Pitt, Leonardo DiCaprio, Margot Robbie e Al Pacino são apenas alguns exemplos. Ainda não foram revelados todos os pormenores deste drama criminal, mas o realizador já avançou que a história desenrola-se em Hollywood. Em 1969, auge da contracultura, revolução hippie e de uma nova Hollywood, o filme tem tudo para ser um sucesso.

O Musso & Frank Grill

"Rua a rua, quarteirão a quarteirão, transformaremos Los Angeles na Hollywood de 1969", disse Quentin Tarantino na CinemaCon, em abril do ano passado. Embora a maioria dos cenários seja temporária, é possível visitar espaços que aparecem no filme. É o caso do mais antigo restaurante de Hollywood, o Musso & Frank Grill, ou do primeiro restaurante noturno da cidade, o italiano Dan Tana's.

Há mais. O Museu de Hollywood é perfeito para uma viagem no tempo, já o bar Frolic Room aparece no filme "L.A. Confidencial" e foi como que uma segunda casa para Charles Bukowski quando este escrevia o guião de "Barfly: Condenados pelo Vício".

Entre 9 e 15 de fevereiro, há voos entre Lisboa e Los Angeles desde 671€.

"O Rei Leão": Hell's Gate National Park, Quénia

Foram precisos 25 anos para se poder ver o regresso de Simba e da famosa canção “Hakuna Matata” ao cinema. Esta nova adaptação é da autoria de Jon Favreau (“Homem de Ferro”), que parece querer utilizar uma fórmula semelhante à de “O Livro da Selva”, outra das suas adaptações.

Na realização do filme original foram realizadas algumas viagens de investigação, para saber mais sobre os elementos a introduzir na narrativa. Este trabalho foi feito no Hell's Gate National Park, a 90 quilómetros de Nairobi, no Quénia.

As gargantas de Njorowa

O cenário é impressionante: das zebras ao antílopes, das formações rochosas (há uma chamada Fischers Tower que é usada por adeptos de escalada) às paisagens de cortar a respiração. Mas o principal atrativo são as gargantas de Njorowa, um desfiladeiro que faz lembrar o Grand Canyon, nos Estados Unidos. Só não procure a pedra onde Rafiki apresenta Simba à savana: foi uma adição dos criadores do filme.

12 filmes que tem de ver em 2019
12 filmes que tem de ver em 2019
Ver artigo

Com mais de 103 espécies de animais, o parque permite que o passeio seja feito a pé, sem guia. Também pode alugar um 4x4, bicicletas ou um carro. Há três parques de campismo no parque, caso queira prolongar a visita. A viagem Lisboa-Nairobi, ida e volta, tem preços desde 663€ para as datas de 4 a 10 de março. Para chegar ao parque, há autocarros diretos desde 6€.

O filme estreia a 19 de julho, no dia em que se celebram os 25 anos do filme original.

"Downton Abbey": Hampshire, Reino Unido

O filme inspirado na série "Downton Abbey" chega a Portugal a 19 de setembro, com a promessa de continuar a acompanhar a vida da família Crawley, amigos e criados. Apesar de a narrativa se passar em Yorkshire, a rodagem do filme foi feita maioritariamente no Castelo de Highclere, em Hampshire.

E que castelo. Com uma história que remonta ao século XVII, a casa senhorial de estilo jacobita fica a 110 quilómetros de Londres. Só abre para visitas 60 dias por ano, portanto o melhor é espreitar o calendário do site. A melhor parte é que vários dos ambientes retratados na série (e possivelmente no filme) existem mesmo. E não muda um candeeiro.

O Castelo de Highclere

Pode optar por visitar o castelo, jardins e a exposição (25,50€); castelo e jardins (17,75€); exposição e jardins (17,75€); ou apenas os jardins (7,76€). Para chegar ao castelo pode optar pelo comboio (45€-70€), já os voos entre Lisboa e Londres têm preços a partir de 48€ para as datas de 1 para 4 de maio.

"Todos Sabem": Madrid, Espanha

Com data marcada para estrear a 14 de fevereiro em Portugal, "Todos Sabem" foi realizado pelo iraniano Asghar Farhadi e conta a história de Laura (Penélope Cruz), que regressa à sua terra natal perto de Madrid para participar num casamento. Ameaças, abusos e antigos amantes fazem parte deste drama espanhol, que foi rodado em Torrelaguna, a cerca de 50 quilómetros de Madrid.

E aqui não faltam coisas para ver. Das igrejas do século XV (a mais emblemática é a Igreja de Santa María Magdalena) às torres defensivas do século X (Atalaya de Arrebatacapas), sem esquecer a ponte romana ou a praça principal, há ainda restaurantes típicos como o Alfoli de la Sal ou a Casa Moraleda que merecem uma visita. No início de setembro celebram-se as festividades do padroeiro, Virgen de la Soledad, com fogos de artifício, festivais e desfiles.

A Plaza Ayto, em Torrelaguna

Para as datas de 27 de fevereiro a 2 de março, há voos de ida e volta a 58€. De Madrid a Torrelaguna, pode apanhar um autocarro intercidades.

Newsletter

A MAGG é uma magazine para mulheres MAGGníficas. A MAGG faz um apanhado das mais estranhas que encontrámos nos sites das lojas.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma magazine para mulheres MAGGníficas. A MAGG faz um apanhado das mais estranhas que encontrámos nos sites das lojas.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.