O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) já tinha avisado que este fim de semana seria de muito frio, podendo as temperaturas chegar aos zero graus em vários pontos do País e os termómetros descer até valores negativos.

Zero graus e até temperaturas negativas no fim de semana. Saiba como vai estar o tempo
Zero graus e até temperaturas negativas no fim de semana. Saiba como vai estar o tempo
Ver artigo

Apesar de o sol continuar a aparecer nas regiões mais a sul de Portugal, o frio não está para brincadeiras e já nos fez retirar os pijamas mais quentes do armário. De norte a sul, as mínimas rondam os 5ºC e vieram-nos recordar que é inverno. Apostar em roupa mais quente é sempre uma boa opção para, na rua ou em casa, nos aquecermos e não deixarmos que o frio nos leve a uma constipação.

Ainda assim, há momentos em que uma manta ou um casaco mais quente não chegam para nos aquecermos — e aí só um chá ou uma bela sopinha nos consegue reconfortar. A canja é sempre uma boa escolha, mas há ainda a opção de optarmos por alternativas mais vegetais ou adicionarmos uma proteína animal à confeção.

A pensar nos amantes deste prato quente, reunimos três receitas muito diferente — mas igualmente saborosas. Ora veja.

Sopa de bacalhau

Sopa de Bacalhau

Ingredientes: 

— 200 gramas de bacalhau desfiado e demolhado
— 1 alho francês
— 2 dentes de alho, picados
— 1 cebola, picada
— 3 batatas
— 1L de água quente
— Sal e pimenta q.b.
— 1 colher de café de pimentão doce
— Azeite q.b.
—Salsa picada q.b.

Modo de preparação:

Lave e prepare os legumes. Corte as batatas em pedaços pequenos e reserve. Corte o alho francês em rodelas bem finas e pique os alhos e a cebola.

Numa panela, refogue o alho francês, os alhos e a cebola com um fio de azeite. Quando a cebola alourar, junte a água quente. Com a ajuda de uma varinha mágica, triture este preparado até obter um creme avelulado. Acrescente as batatas.

Depois, tempere com sal e pimenta a gosto. Junte o pimentão e coza tudo durante 15 minutos. Adicione bacalhau e coza durante mais sete a oito minutos. Rectifique os temperos e, ao servir, salpique com salsa fresca acabada de picar.

Esta receita é da nutricionista Iara Rodrigues. 

Sopa de couve-flor e canela

Sopa de couve-flor

Ingredientes: 

— 1 1/2 couve-flor
— 1 cebola
— 2 colheres de sopa de azeite virgem extra
— canela em pó q.b
— sal do Himalaya q.b
— água
— 1-2 pau de canela de Ceilão

Modo de preparação:

Numa panela, coloque a cebola laminada juntamente com o azeite e o pau de canela. Deixe cozinhar e alourar a cebola em lume médio. Junte a couve-flor cortada em pequeno floretes e envolva.

Cubra os legumes com água e deixe ferver durante cerca de 30 minutos. Depois de cozinhado, retire os paus de canela, triture com a varinha mágica e está pronta a servir.

Canja de Cogumelos

Canja de Cogumelos
créditos: madebychoices/Instagram

Ingredientes: 

300 gramas cogumelos (qualquer variedade funciona)
1 cebola tamanho médio
2 cenouras tamanho médio
150 gramas de massa
1,5 litros água
1 colher de sobremesa de miso
colheres de sopa azeite
pitada sal
coentros picados frescos ou folhas de hortelã ou salsa picada (opcional)
sementes de sésamo (opcional)

Modo de preparação:

Ferva a água num jarro elétrico. Descasque a cebola e pique. Lave as cenouras, descasque e corte em cubos pequenos. De seguida, limpe os cogumelos com um pano e corte em tiras finas.

Num tacho, junte a cebola e o azeite, deixe saltear por alguns minutos até a cebola ficar translúcida. Adicione as cenouras cortadas em cubos e os cogumelos cortados em tiras e deixe cozinhar por alguns minutos.

Junte a água a ferver e deixe cozinhar por cinco minutos com a tampa no tacho. Passado esse tempo, junte as massinhas e o sal. Deixe cozinhar por dez minutos.

Retire um pouco de água da cozedura para uma taça pequena e dissolva o miso. Apague o lume e junte a água com o miso à sopa, envolva bem e rectifique o sal. Sirva quente com coentros picados ou folhas de hortelã e algumas sementes de sésamo.

Esta receita é do blogue Made By Choices. 

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.