Depois de em 2017 ter passado por um burnout, Maria do Carmo Stilwell decidiu mudar de vida e dedicar-se à criação de uma empresa própria à qual deu o nome de Renature. Licenciada em farmácia, trabalhou durante muitos anos nesta área, mas em 2016 decidiu formar-se como guia de terapia da floresta e foi nesta prática que encontrou a sua forma de recuperação. Depois de recuperar, percebeu que queria ajudar outras pessoas a desacelerar do stresse do dia a dia através da Forest Therapy.

Meditação, ioga e SUP juntam-se num retiro no meio da natureza que promete renovar energias
Meditação, ioga e SUP juntam-se num retiro no meio da natureza que promete renovar energias
Ver artigo

Provavelmente nunca ouviu falar desta prática, mas a verdade é que, segundo Maria do Carmo, há já várias estudos que comprovam os seus benefícios tanto para a saúde física como mental do ser humano.

Inspirada na prática japonesa de Shinrin-Yoku, que significa absorver a atmosfera da floresta através dos sentidos, a Forest Therapy, ou Forest Bathing como também é conhecida, é uma prática em que, numa caminhada guiada de cerca de três horas, somos convidados a desacelerar e a estabelecer uma ligação direta com a natureza que nos rodeia. Além de ajudar a restabelecer o equilíbrio do nosso sistema nervoso, promove a saúde e o bem-estar e funciona como uma ótima alternativa ao stresse do dia a dia, garante a impulsionadora da prática em Portugal.

Despois de vários meses fechados em casa, Maria do Carmo acredita que esta poderá será a atividade perfeita para nos abstrairmos dos problemas e ansiedade.  "Acho que este confinamento trouxe, por um lado, coisas positivas porque obrigou as pessoas a parar, mas essa paragem trouxe também muitas condicionantes económicas. Além disso, o teletrabalho fez  com que as pessoas trabalhassem mais horas do que quando estavam nos escritórios e o afastamento dos colegas trouxe ainda mais stresse. Acho que estamos todos a sofrer com isso", confessa a fundadora da Renature à MAGG.

O que inclui o programa, quanto custa e como me posso inscrever? 

A pensar em todos, a empresa oferece duas grandes alterativas. A "Renature for you" engloba atividades pensadas e calendarizadas para o público em geral. Estas podem ser adaptadas com base no tempo que cada grupo de pessoas tem disponível e pretende dedicar à experiência (que pode ir desde o passeio de três horas, a uma semana totalmente planeada para o contacto com a natureza).

Já a "Renature for Your Company" é pensada para equipas de trabalho lideradas por quem acredita que a natureza pode ajudar na produtividade, criatividade e eficiência no local de trabalho. A base de ambas está na Forest Therapy, mas alguns encontros englobam ainda workshops de alimentação e outras práticas cujo foco assenta na natureza.

Este mês há já várias caminhadas de Forest Therapy agendadas e para fazer parte da próxima basta inscrever-se através do site. A atividade pensada para decorrer entre as 10h00 e as 13h00 tem o custo de 17€ por pessoa e tem início no Santuário da Peninha, na Serra de Sintra. No final de cada caminhada, Maria do Carmo oferece um chá de ervas naturais a todos os participantes.

Vem aí um retiro num monte alentejano com ioga, meditação e cavalos
Vem aí um retiro num monte alentejano com ioga, meditação e cavalos
Ver artigo

Para as caminhadas programadas, que decorrem em trilhos fáceis, a idade mínima é de 15 anos, mas se quiser realizar a prática em família pode sempre entrar em contacto com a Renature através do email (info@renature.pt) e Maria do Carmo programará uma atividade nesse sentido. Ao longo da caminhada, a responsável pela Renature ficará responsável por guiar as pessoas bem como proporcionar momentos de despertar para os sentidos através de algumas atividades.

Além da caminhada de três horas, há ainda a atividade "Slow Day" (35€), programada para um dia inteiro, que começa com Forest Therapy de manhã, seguindo-se a refeição baseada numa alimentação saudável e, à tarde, há uma aula de consciência corporal na qual Maria do Carmo ensina técnicas de relaxamento. "As pessoas levam com elas, para casa e para o trabalho, ferramentas que as ajuda a autorregular o sistema nervoso", explica.

Maria do Carmo Stilwell já guiou mais de 400 passeios de Forest Therapy

Desde 2018, Maria do Carmo já guiou mais de 400 passeios e garante que há muitas pessoas a querer sempre regressar. "Há sempre um denominador comum que é as pessoas chegarem ao fim do passeio e perceberem o quanto estavam a precisar deste tipo de prática. A segunda coisa que observo sempre é que as pessoas conseguem realmente desacelerar. Também eu quando participei pela primeira vez num passeio de Forest Therapy, senti que esta prática é das mais simples nesse sentido", garante a guia, explicando que o ponto chave é mesmo o facto de tudo decorrer na natureza.

Neste momento, devido à pandemia da COVID-19, as caminhadas decorrem em grupos de no máximo 15 pessoas. Todas as informações sobre as atividades podem ser esclarecidas por email (info@renature.pt) ou através do número de telefone (965 223 115).

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.