Os tempos não estão fáceis para quem não gosta de estar parado, mas há quem não prescinda da ida ao ginásio para treinar. E Lisboa tem desde outubro um espaço novo: chama-se Amplify, fica na Mouzinho da Silveira, junto ao Marquês de Pombal e não é uma réplica dos outros ginásios que conhecemos.

Horário: 7h45 às 20h30

Morada: R. Mouzinho da Silveira 27C, 1250-096 Lisboa

Contacto: contact@amplify-byc.com

Aqui nem sequer há máquinas espalhadas por uma sala gigante ou pessoas a treinarem sozinhas. Tudo acontece em grupo, nos dois estúdios que fazem parte do novo espaço, onde são dadas as aulas das três únicas modalidades que aqui se treinam, todas "soulful" (já lá vamos): yoga, para conectar a respiração e o movimento, trabalhar a mente, a concentração e o corpo; bootcamp, um treino intervalado de alta intensidade (que faz recurso a passadeiras) para sair da zona de conforto e fortalecer os músculos corpo; e, claro, o cycling para fortalecer o coração (e perder umas quantas calorias).

As aulas incluídas vão, assim, ao encontro do objetivo do Amplify: garantir uma experiência física, mental e emocional aos clientes, capaz de fazer com que a prática de exercício físico se torne numa constante — quebrando os clássicos ciclos intermitentes de treino-não treino.

amplify

Neste espaço, que vai buscar inspiração a outros que existem em Nova Iorque e Paris, o treinador tem um papel fundamental: transmitir motivação aos alunos, guiá-los atentamente ao longo das sessões. É por isso que o Amplify se identifica como um "boutique de fitness soulful", filosofia em que "a motivação e a inspiração vêm do treinador", explica à MAGG Miki Molnar, head coach do Amplify, profissional de fitness internacional, que trabalhou nos melhores estúdios de Paris e de Zurique, e que estudou em Nova Iorque e Londres.

Natural da Hungria e convicto de que o treino funcional "equilibra a força física e mental" — daí o termo "amplify" (amplificar) — mudou-se de Paris para Portugal e é hoje um dos sócios do novo estúdio. A dupla forma-se com Mike Teixeira, natural de Paris, mas cuja família é do Porto, que antes de embarcar nesta aventura trabalhou na área da tecnologia. Apaixonado por fitness e empreendedorismo, veio para Lisboa há três anos com a mesma ideia que Miki.

amplify

Sobre as circunstâncias impostas pela COVID-19, os sócios relatam ter implementado regras de segurança fortes, através de mecanismos de higiene constantes: “Limpamos e desinfetamos cada sala e cada peça de equipamento, após cada sessão de treino. Em nenhuma outra ocasião, encontrará um ambiente tão limpo e desinfetado para praticar desporto. O estúdio é cuidadosamente limpo várias vezes ao dia, todos os dias”, explica Miki.

Em relação aos valores, o aluno compra o pacote de aulas que mais se adequa às ruas rotinas. Assim, existe o pack de boas-vindas (20€), que inclui três aulas e que só pode ser usado uma vez; há depois a hipótese de adquirir apenas uma sessão (14€), o pack de cinco sessões (60€), de dez sessões (115€), de 20 sessões (210€), de 30 sessões (285€) e ainda o mensal de duas sessões por semana (60€), o mensal de três sessões por semana (75€) e o mensal ilimitado (90€), com um máximo de 15 sessões.

amplify

A funcionar das 7h45 às 20h30, a participação nas aulas deve ser sempre marcada previamente. De resto, no saco, só precisa de levar o seu equipamento. O Amplify trata das toalhas. “Basta levar a sua roupa preferia de desporto, energia e um bom sorriso."

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.