Antes de se chamar Smile (Sorriso, em português), esta cadela teve uma vida de sofrimento. Depois de nascer num depósito de lixo em Tijuana, no México, passou a viver com uma mulher acumuladora, que não tinha condições para tratar de Smile nem dos outros 23 cães que albergava.

A 23 de janeiro, todos os animais foram resgatados. A maioria das fêmeas estavam grávidas e todos os cães tinham uma doença de pele grave, incluindo Smile. A equipa do abrigo No Dog Left Behind (Nenhum cão é deixado para trás), do Minnesota, nos Estados Unidos, quis ajudar.

Pit bull maltratado e sem orelha recebe cão de peluche e arranca parte do boneco para ficarem parecidos
Pit bull maltratado e sem orelha recebe cão de peluche e arranca parte do boneco para ficarem parecidos
Ver artigo

Foi depois de se apaixonarem por Smile que o staff interveio. Diziam conseguir ver "esperança" nos olhos desta cadela, que, tal como as outras, também estava grávida e prestes a dar à luz. Os membros da equipa ficaram "preocupados", porque ela era pequena "e não parecia nada grávida".

“Percebemos que algumas cadelas, depois de passarem por negligência e angústia, absorvem os seus filhos. É provável que este seja o caso da Smile. Acreditamos que ela perdeu os bebés e que não vai dar à luz como inicialmente esperado", esclareceu o abrigo, citado pelo site "Anda".

Smile sorria constantemente, mostrando uma gratidão que não passou despercebida a estes cuidadores. Uma das responsáveis pelo abrigo, Stephanie Easley, acabou por a adotar de forma temporária, até lhe arranjarem uma família. "A cadela mais especial que já conheci" é como a descreve.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.