Encontrar a pessoa certa com quem se imagine a viver a vida inteira pode ser uma tarefa bastante difícil. E Rachel Humphreys, 28 anos, tem uma condição para o seu futuro parceiro (da qual não abre mão): ele tem de gostar cães.

A mulher exige que o homem com quem mantiver uma relação ame animais, e em particular os seus dois cães, Tilly e Autumn. A britânica diz não conseguir viver sem os seus dois “filhotes” e compara-os a crianças que precisam constantemente de amor e atenção.

Esta mulher mudou-se de Londres para Nova Iorque depois de apenas três encontros. E teve um final feliz
Esta mulher mudou-se de Londres para Nova Iorque depois de apenas três encontros. E teve um final feliz
Ver artigo

Rachel estava solteira há seis meses e conheceu um homem chamado Darren no Hinge, uma aplicação de encontros. Tudo corria às mil maravilhas, tinham bebido uns cocktails e a conversa estava a ser agradável. Já estava a ficar tarde e Rachel pegou no telemóvel para ver as horas e Darren viu que a fotografia de fundo da inglesa era dos seus cães.

A mulher começou a falar do seu amor pelos seus dois patudos, Tilly de 9 anos e Autumn, de 8, que tinha resgatado de um canil. “Ele fez um grande discurso sobre como não suporta cães de resgate e não entende porque é que as pessoas não compram apenas cães bebés que possam treinar”, disse ao "Mirror".

O homem terá dito que estes são “perigosos, imprevisíveis” e que geralmente são feios. A partir desse momento, Rachel soube que aquela relação não tinha pernas para andar. “Normalmente converso sobre cães antes de me encontrar com a pessoa, mas deve-me ter escapado com este homem”, referiu.

Rachel Humphreys
créditos: Rachel Humphreys

Rachel disse a Darren que não eram compatíveis e que ele precisava de aprender mais sobre cães  — e abandonou o encontro. "Não há maneira de eu namorar alguém que não ame cães, especialmente a minha amada Autumn."

Hoje, Rachel está numa relação com Shane, um homem de 35 anos que desde o início da relação fez questão de mencionar o seu amor pelos animais. Para além disso, dá-se muito bem com Autumn e Tilly, a condição necessária, na visão de Rachel, para uma relação de sucesso. "Shane aceita o meu amor pelos animais. Os cães são parte da família, e isso não é algo que estou disposta a comprometer", revelou.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.