A apresentadora de televisão Leonor Poeiras, que está a processar a TVI, seu antigo canal, revelou que está há 3 anos a passar por uma depressão e que enfrenta uma luta diária para conseguir estar bem. Num direto que fez na sua conta pessoal do Instagram, com 391 mil seguidores, falou de vários momentos muito complicados por que passou, continua a passar, mas também de esperança.

No direto, Leonor Poeiras assumiu que não está "numa fase boa", e explicou o que, em parte, explica também o seu sentimento e a dificuldade em reerguer-se. "Não é uma questão de ficar melhor, é de aceitar. OK, não estou numa fase boa. Perdi o trabalho, perdi os meus pais, perdi a minha melhor amiga“. Recorde-se que Leonor era muito próxima da comentadora de televisão Mariama Barbosa, que morreu a 29 de julho, aos 47 anos, com um cancro no estômago. A juntar a isto, o facto de Leonor Poeiras já não ter mãe, nem o pai, que morreu em fevereiro de 2021, com 88 anos.  “Eu não tenho pai nem mãe, não tenho esse apoio. Sermos órfãos mexe muito connosco. Parece que ficamos sozinhos. Quem me pôs no mundo, já não está cá", disse.

Leonor Poeiras acusa psicanalista de assédio. Especialista diz que foi "a expressão de um sonho"
Leonor Poeiras acusa psicanalista de assédio. Especialista diz que foi "a expressão de um sonho"
Ver artigo

Tudo isto, a juntar às complicações profissionais, o não ter novos projetos em televisão, o processo contra a TVI, levaram a que a apresentadora tenha tido momentos de depressão profunda. “Tive de aceitar as coisas que me aconteceram e tentar projetar o futuro. Tive de tentar evitar maus pensamentos“, disse no direto.

Embora esteja numa fase melhor, e "a sair de uma depressão que dura há quase 3 anos", como assumiu já depois do direto, os dias continuam a ser muito duros e com altos e baixos emocionais. “Tenho dias ótimos, muito bons. Mas as minhas noites continuam a ser muito complicadas. E vai ser assim até a minha vida estabilizar. Já não falta muito, mas ainda falta um bocadinho“.

Uma das pessoas mais importantes neste processo tem sido o seu advogado, o conhecido Garcia Pereira, várias vezes candidato pelo PCTP-MRPP, mas também um dos maiores especialistas portugueses em Direito do Trabalho, sobretudo em processos em que defende trabalhadores contra grandes empresas. “O meu advogado ajudou a que me sentisse melhor, a partir do momento em que se sentou e ouviu a minha história toda. Até estou emocionada, porque foi muito importante para mim. É uma loucura perder o trabalho e processar um canal. Ao fazer isso, perco oportunidade em todos, porque estou a denunciar o que se passa na televisão“.

Leonor Poeiras. "Estou a viver do dinheiro que tenho guardado"
Leonor Poeiras. "Estou a viver do dinheiro que tenho guardado"
Ver artigo

Já depois do direto, e após ter recebido muitas mensagens de apoio dos seguidores, Leonor Poeiras esclareceu que apesar de tudo o que de mau está a enfrentar, continua confiante, com esperança e a ver o lado positivo da vida. "A vida tem fases boas e más e é muito gratificante percebermos que estamos a conseguir ultrapassar um período triste e de extrema dificuldade emocional. Alegria minha gente“.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.