Foi divulgado o processo do FBI em que a Angelina Jolie alega que Brad Pitt a “agrediu física e verbalmente” num voo em 2016. A atriz acusa o ex-marido de a ter "agarrado pela cabeça" e "empurrado contra uma parede da casa de banho", de acordo com a "Rolling Stone", que teve acesso ao documento.

Tudo aconteceu durante um voo privado, a 14 de setembro de 2016, que fazia a ligação entre Paris e Los Angeles, onde estariam também os filhos do casal, que revelaram estar com medo do pai, que estaria embriagado. Um deles, segundo a acusação feita por Angelina Jolie ao FBI, chamou ao pai "idiota" e acabou por ser agredido por Brad Pitt até que a atriz conseguiu agarrá-lo.  As agressões terão continuado entre o casal e Brad Pitt chegou mesmo a deitar cerveja para cima de Angelina Jolie.

Angelina Jolie separou-se de Brad Pitt pelo bem-estar dos filhos
Angelina Jolie separou-se de Brad Pitt pelo bem-estar dos filhos
Ver artigo

A atriz ficou ferida, segundo o relatório do processo acompanhado de uma fotografia que prova ferimentos no cotovelo. N entanto, e apesar do que aconteceu, nenhuma queixa foi formalizada e a investigação acabou por ser encerrada em novembro.

"Depois de analisar o documento, representantes da Procuradoria dos Estados Unidos discutiram os méritos desta investigação com o agente do caso", escreveu o agente do FBI no relatório a que a  "Rolling Stone" teve acesso. "Foi acordado por todas as partes que não seriam feitas acusações criminais devido a vários fatores", continua o documento.

O caso ficou encerrado na altura, mas volta a público e há reações a serem divulgadas. Uma delas é de uma fonte próxima de Brad Pitt. “Quais são as motivações de uma pessoa que gasta tempo em tribunal e recursos públicos para fazer um pedido anónimo aos documentos de um processo que já tem há anos? Só há uma: infligir o máximo de dor no ‘ex’. Não há qualquer vantagem com isto. É doloroso para os filhos e para a família que isto se torne público", disse a fonte à "People".

O episódio de violência poderá ter ditado o fim da relação entre Angelina Jolie e Brad Pitt, que durava desde 2005 e estavam casados desde 2014.

O pedido de divórcio foi feito por Jolie depois de setembro de 2016, no qual requereu a custódia dos seis filhos — questão que se arrastou durante vários anos. Em 2021 ficou fechado, mas a atriz não conseguiu a custódia total dos filhos, dado que o tribunal concedeu a Brad Pitt a guarda partilhada.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.