Spencer Elden, o homem que, em criança, apareceu nu na capa do disco "Nevermind" dos Nirvana, lançado em 1991, vai processar o grupo por pornografia infantil, escreve a BBC. A fotografia foi tirada numa piscina quando Elden tinha apenas quatro meses, mas este alega, agora, que os seus pais nunca assinaram qualquer documento que autorizasse o uso da imagem no disco.

Spencer Elden está a pedir uma indemnização de 150 mil dólares (cerca de 128 mil euros) devido ao uso da imagem que, diz, lhe provocou "um sofrimento emocional extremo e permanente", tal como descreve à mesma publicação. Este homem, agora com 30 anos, alega que a exposição do seu corpo na imagem do disco interferiu "com o seu normal desenvolvimento", bem como com o seu "percurso escolar".

Kurt Cobain, os Nirvana e o grunge pela lente de Charles Peterson, em 17 fotografias
Kurt Cobain, os Nirvana e o grunge pela lente de Charles Peterson, em 17 fotografias
Ver artigo

Robert Y. Lewis, o advogado responsável por defender Elden ao longo deste processo, argumenta ainda que a inclusão de uma nota na imagem transmite a ideia de que o bebé em questão é "um trabalhador do sexo". Mais: segundo a defesa, os Nirvana terão prometido cobrir os genitais de Elden com um autocolante, mas isso nunca aconteceu e o disco foi comercializado tal como hoje o conhecemos.

Ainda que Elden já tivesse, ao longo de vários aniversários do disco, recriado a capa (fotografando-se numa piscina, mas com calções de banho vestidos), em 2016, em entrevista à BBC, fez saber ter ficado "ligeiramente incomodado" com a forma como a sua imagem foi usada pelo grupo.

Lembra-se do bebé da capa dos Nirvana? 30 anos depois, vai processar a banda. Saiba porquê
O homem, agora com 30 anos, recriou por diversas vezes a capa do disco de 1991

Essa ideia, no entanto, está em contraciclo com aquela que foi a sua posição em 2015 quando referiu que a capa foi uma "coisa positiva", por o ter ajudado em termos profissionais, tal como explicou em entrevista ao jornal britânico "The Guardian".

À data da publicação ainda não há qualquer posição oficial por parte dos Nirvana ou dos seus representantes.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.