O céu ficou cor-de-rosa durante a noite desta terça-feira, 19 de julho, em Mildura, Victoria, na Austrália. Os locais ficaram confusos quanto à origem deste fenómeno e acabaram por recorrer às redes sociais para tentar encontrar uma explicação. As apostas eram muitas.

Desde auroras boreais a extraterrestres e passando ainda por "Stranger Things", apontando o dedo ao vilão Vecna, nenhuma destas teorias estava certa, como se veio a confirmar na manhã seguinte. Na verdade, foi uma empresa farmacêutica quem assumiu as culpas.

Foi presa há 19 anos pela morte dos 4 filhos. Mas a "pior assassina em série da Austrália" pode estar inocente
Foi presa há 19 anos pela morte dos 4 filhos. Mas a "pior assassina em série da Austrália" pode estar inocente
Ver artigo

E o que estava na origem desta situação? Canábis. A empresa farmacêutica Cann Group deixou as persianas abertas, o que fez com que a luz da sua instalação local de canábis medicinal criasse o tal céu inesperado e muito
cor-de-rosa
, assim como dá conta a "CNN Portugal".

"As plantas de canábis requerem diferentes espectros de luz para estimular o crescimento. É frequentemente usada uma luz de espectro vermelho. Normalmente, a instalação teria as cortinas blackout descidas durante noite e, no futuro, vão bloquear esse brilho", disse Rhys Cohen, porta-voz do Cann Group Ltd, citado pela "CNN Portugal".

Esta empresa comprou o local em 2019 e entretanto obteve licença para cultivar canábis medicial, podendo ainda disponibilizar toda uma gama de produtos que a contêm, realizando a sua venda comercial. Não se tratava, afinal, de um asteróide ou do apocalipse.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.