Holly Marie Clouse é filha de Tina Gail Linn Clouse e Harold Dean Clouse Jr., casal que foi violentamente assinado na década de 80, depois de se terem mudado com a recém-nascida Holly para Lewisville, Texas, nos Estados Unidos. 40 anos depois de a bebé ter desaparecido, foi finalmente encontrada, viva, e com uma vida feita.

Corpo de adolescente desaparecida em 2009 foi encontrado. Polícia já deteve suspeito de rapto e homicídio
Corpo de adolescente desaparecida em 2009 foi encontrado. Polícia já deteve suspeito de rapto e homicídio
Ver artigo

A filha do casal, cujos corpos foram encontrados em 1981, foi sinalizada pelos investigadores da Unidade de Casos Frios e Pessoas Desaparecidas do Estado e descobriu-se que Holly, atualmente com 42 anos, não só está viva, como vive em Oklahoma, está casada há 20 anos, é mãe de cinco filhos e avó de duas crianças, segundo o jornal diário de Houston, Texas, "Houston Chronicle".

Sabe-se ainda que Holly Marie Clouse foi adotada em criança, mas fica por responder quem a levou para Oklahoma e colocou para adoção.

"Rezei durante mais de 40 anos por respostas e o Senhor revelou algumas delas... encontrámos Holly", disse Donna Casasanta, avó de Holly e mãe de Harold depois de ter descoberto, finalmente, o paradeiro da neta, de acordo com um comunicado divulgado pelo escritório do procurador-geral do Texas.

"É extremamente surreal", comentou também Allison Peacock, da Identifinders International, organização que realiza genealogia genética e uma das responsáveis pela identificação de Holly, ao "Houston Chronicle".

O paradeiro foi apenas descoberto porque os funcionários do Gabinete do Procurador-Geral do Texas começaram à procura de Holly após surgirem questões sobre o que teria acontecido à filha de Tina e Harold quando o caso foi encerrado em 2021, ano em que os corpos foram finalmente identificados, com recurso a genealogia genética, de acordo com o procurador-geral do Texas, Ken Paxton.

Até aí, ninguém tinha pensado o que era feito da filha do casal, cujo corpo não foi encontrado junto ao dos pais no pedaço de terra arborizado no nordeste do condado de Harris — com sinais de que Harold foi espancado até à morte e Tina Clouse estrangulada, revela o mesmo jornal.

A morte do casal estará relacionada com um culto a que Harold Dean Clouse Jr. se juntou, desistido de suas posses e da família, mas é ainda incerto quem matou Tina e Harold. A única pista foram três mulheres vestidas com túnicas brancas que devolveram o carro do casal meses depois do desaparecimento e terão dito a Donna Casasanta que o filho se tinha juntado a um culto.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.