Há instantes que fazem com que a nossa vida mude radicalmente. Para Stacey Boss, uma escocesa de 32 anos, esse momento foi uma ida à manicure. Depois de ter desvalorizado uma risca castanha na unha, a sua esteticista disse-lhe que devia ir ao médico imediatamente – e foi assim que descobriu que tinha um problema de saúde.

Aquando da ida ao dermatologista, o diagnóstico não foi o mais positivo, porque se tratava de um cancro raro: melanoma subungueal. A mulher tinha aquela linha acastanhada na unha desde 2019, mas só em outubro de 2022 é que fez uma biópsia – e apenas em março de 2023 é que acabou por tratar do assunto, de acordo com o "Mirror".

"Estava muito confusa. Não sabia que o melanoma podia estar debaixo da unha. Foi alucinante", começa por explicar Stacey Boss, citada pela mesma publicação. "Eu já notava naquilo há imenso tempo e pensei que fosse um hematoma, talvez", continua a mulher, acrescentando que se habituou à presença da mancha na unha, até que a esteticista a chamou à atenção.

Rita Lee morre aos 75 anos. Cantora lutava contra cancro do pulmão desde 2021
Rita Lee morre aos 75 anos. Cantora lutava contra cancro do pulmão desde 2021
Ver artigo

No entanto, Stacey admite que não ficou chocada quando descobriu que tinha esta doença. Ainda assim, quis tratar-se e acabou por, em março de 2023, ser submetida a uma intervenção cirúrgica, da qual saiu sem unha e sem parte do osso do dedo. Mas admite que "foi um alívio retirá-lo".

"Aceitei a possibilidade de poder perder a minha unha, por isso estava mentalmente preparada", continua, deixando o alerta para que todos vão olhando para as unhas de vez em quando. "É possível que a esteticista tenha salvado a minha vida, ela estava bem treinada e muito consciente, mais do que eu", acrescenta.

Esta situação até fez com que Stacey passasse a ter um desconto na sua manicure, segundo o "Daily Record". Pelo facto de a esteticista ter desempenhado um papel importante no diagnóstico da cliente, acabaram por brincar com a situação. "Chamamos-lhe um desconto de 10%, porque agora só tenho nove unhas", conclui, em jeito de brincadeira.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.