Primeiro, foi a tempestade Armand que não quis dar tréguas a semana passada, de quarta-feira, 19 de outubro, a sexta-feira, 21. Agora, é a tempestade Béatrice, nomeada pela espanhola Agência Estatal de Meteorologia (AEMET), que continua a fazer com que as chuvas fortes dominem o País, tendo chegado a Portugal na madrugada deste sábado, 22 de outubro.

A depressão vai agravar as condições meteorológicas até este domingo, 23 de outubro. O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) decretou até aviso amarelo em 17 distritos do País, tendo entrado em vigor às 9 horas deste sábado, 22 de outubro, e estendendo-se até às 18 horas de domingo, 23.

Numa publicação nas redes sociais, o IPMA revelou que, mesmo quando Béatrice for embora, os seus efeitos vão continuar bastante presentes. Isto porque a próxima semana, que se inicia a 24 de outubro, vai contar com a “continuação do tempo chuvoso" – e os níveis de precipitação estarão "bastante acima do normal”, acrescenta a nota.

Destacando as regiões do Minho e Douro Litoral como as que poderão sair potencialmente mais afetadas, ao contrário do sul, com valores de precipitação bastante menores, o instituo alerta para a “possibilidade de inundações urbanas em momentos de precipitação intensa".

O comunicado indica ainda que a temperatura máxima vai rondar os 20 e os 25 graus na generalidade do território português, enquanto a mínima situar-se-á na ordem dos 11 e os 17 graus. No que ao vento diz respeito, este continuará a vir predominante da de sudoeste, "soprando em geral fraco", sendo mais intenso nas terras altas, com rajadas estimadas nos 70 km/h.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.