Depois da reunião do Conselho de Ministros, foram anunciadas as medidas de desconfinamento para os próximos meses, que vão ser aplicadas em três fases. Nas declarações feitas pelo primeiro-ministro, António Costa, foi dito que na primeira fase os bares e discotecas teriam de permanecer encerrados. Horas depois, o governo veio esclarecer que, afinal, os bares podem abrir já a partir deste domingo, 1 de agosto.

O primeiro dia de agosto marca o início da primeira fase do plano de levantamento de medidas, que decorrerão em linha com o avançar do plano de vacinação.

Desde maio, vacinação contra a COVID-19 já terá evitado 700 mortes
Desde maio, vacinação contra a COVID-19 já terá evitado 700 mortes
Ver artigo

A 1 de agosto, prevê-se que 52% da população portuguesa já tenha a vacinação completa e as restantes fase vão acontecer quando 70% da população (segunda fase) e 85% da população (terceira fase) já tiver tomado as duas doses da vacina (ou uma no caso da Janssen) contra a COVID-19.

Esclarecemos ponto por ponto o que muda a partir deste domingo.

Posso ir a um bar?

Sim, os bares e outros estabelecimentos de bebidas sem espetáculo e os estabelecimentos de bebidas vão poder reabrir portas ao público, com as mesmas regras aplicadas ao setor da restauração.

Até que horas posso ficar num bar ou restaurante?

Com as novas regras, bares, restaurantes e similares podem funcionar conforme o respetivo licenciamento, estando apenas estabelecido um limite de funcionamento até às 2h, e as entradas só são permitidas até à 1h da madrugada. Os horários estão em linha com o fim da limitação de circulação na via pública a partir das 23h já a partir de 1 de agosto.

Posso ir jantar com seis amigos?

Pode, se ficar no interior, e se optar pela esplanada pode reunir-se com mais, uma vez que o limite do número de pessoas por mesa é de dez pessoas. Os mesmos números aplicam-se aos bares de todo o território nacional continental.

Continua a ser necessário apresentar teste negativo ou certificado digital ao fim de semana?

Sim. É condição necessária e geral a todas as fases do plano de levantamento de medidas. O governo estabeleceu que é obrigatório apresentar certificado digital e teste negativo para aceder a restaurantes, quando a refeição é feita no interior, aos fins de semana e feriados.

A medida também se aplica aos bares, uma vez que estão sujeitos às regras da DGS implementadas para o setor da restauração.

Quando vou poder ir a uma discoteca?

Apenas na terceira fase do plano, prevista para outubro. O governo definiu que nesta altura, as discotecas poderão reabrir a "atividade habitual mediante apresentação de Certificado Digital COVID da UE ou de um teste com resultado negativo".

Todas as fases do plano estão explicadas em resumo no Instagram da República Portuguesa.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.