Cinco anos depois de ter abandonado o canal, o humorista Bruno Nogueira pode estar de volta à SIC. Pelo menos, é esta a informação que a imprensa começou a avançar na tarde desta sexta-feira, 10 de julho, garantindo que as negociações entre o humorista e o canal foram concluídas no início da semana e que já estarão oficializadas.

"Era um namoro antigo. A vontade de trabalharmos juntos era enorme e, portanto, só podia acabar em casamento", revela uma fonte próxima do diretor de programas da SIC, Daniel Oliveira, à "TV Guia". A confirmar-se, esta será a nova grande contratação do canal depois de Ricardo Araújo Pereira também ter decidido trocar a TVI pela SIC em meados de janeiro.

Dia Mundial da Televisão. Como foi a primeira emissão dos canais generalistas portugueses
Dia Mundial da Televisão. Como foi a primeira emissão dos canais generalistas portugueses
Ver artigo

"Ele já é uma grande marca em Portugal e não temos dúvidas de que o acordo alcançado é excelente para todos", revela a mesma fonte à revista que, garante, o salário mensal do humorista está fixado nos 15 mil euros.

Estas informações, no entanto, não foram confirmadas nem pelo canal, nem pelo próprio Bruno Nogueira que, depois do sucesso de "Como É Que o Bicho Mexe", terá recebido propostas dos três principais canais. O nome do humorista chegou a ser avançado na imprensa como o substituto de Filomena Cautela na apresentação do "5 para a Meia-Noite", o talk-show da RTP.

A MAGG tentou contactar Bruno Nogueira com o objetivo de confirmar a contratação pela SIC, mas não obteve qualquer resposta até à data da publicação deste artigo.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.